PRF prende cinco pessoas por saque de carga de caminhão acidentado

Agência PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante cinco homens por saquearem a carga de um caminhão de produtos alimentícios tombado na rodovia. A ação aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (18) em Jaguaquara, na região sudoeste da Bahia.

O veículo saqueado se encontrava acidentado no Km 639 da BR 116, após tombar na via. O sinistro ocorreu na manhã desta segunda e foi atendido por uma equipe da PRF.

Por volta das 12h30 deste 18 de maio, os agentes receberam denúncia de que particulares furtavam deliberadamente a carga do caminhão.

No local, os policiais constataram veículos carregados com caixas de produtos alimentícios diversos. O condutor de uma motocicleta empreendeu fuga carregando fardos do material e após acompanhamento tático por alguns quilômetros na rodovia foi interceptado e preso.


Ao todo, cinco pessoas foram presas em flagrante e encaminhadas, junto com a mercadoria recuperada e os veículos apreendidos, para a polícia judiciária de Jequié pelo crime de furto que tem pena prevista de um a quatro anos de prisão.

A PRF na Bahia alerta que aliado as ações de combate a pandemia do novo coronavírus, intensificou a fiscalização nos 10.000 quilômetros de rodovias federais que cortam o estado para evitar assaltos, tráfico de entorpecentes, veículo roubado, contrabando e demais ilícitos penais. Para isso, equipes estão concentradas e realizando policiamento ostensivo em locais e horários de maior incidência de criminalidade.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.
Agência PRF/Divulgação
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Acho um Absurdo!! Já presenciei gente saqueando carga enquanto pessoas estavam presas nas ferragens do caminhão.... Lixos Humanos

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.