Ônibus Mercedes-Benz é transformado em UTI móvel para transporte de pacientes com Covid-19

Mercedes-Benz/Divulgação
A Unidade de Serviços Médicos de Emergência da Cruz Vermelha Alemã (DRK) de Heidenheim-Ulm, passou a contar recentemente com a maior ambulância do tipo UTI móvel da Alemanha. Trata-se de um ônibus Mercedes-Benz Citaro, modelo urbano que foi transformado em veículo especial para o transporte de pacientes diagnosticados com Covid-19 (Coronavírus).

A customização que levou apenas três semanas, foi realizada pela Daimler Buses e contou com o apoio do Hospital Universitário da cidade de Ulm, que forneceu o corpo médico especializado e com a SWU – Stadtwerke Ulm/Neu-Ulm GmbH, empresa de serviços públicos, responsável pelos motoristas e profissionais de manutenção.

"As equipes dos hospitais e do atendimento de saúde estão trabalhando incansavelmente e merecem todo respeito. Por isso, estamos felizes em poder apoiar a DRK fornecendo capacidade de transporte”, diz Till Oberwörder, chefe da Daimler Buses. "Como fabricante de ônibus, desejamos contribuir para a luta contra a pandemia da Covid-19 na nossa região. Além disso, uma gama diversificada de atividades na fábrica de Neu-Ulm mostra que existem boas iniciativas e estratégias de nossos colaboradores".

Gunter Czisch, prefeito de Ulm, faz elogios à iniciativa: "Representados pela SWU – Stadtwerke Ulm/Neu-Ulm, estamos orgulhosos de participar deste projeto piloto tão especial. O veículo da fábrica da Daimler Buses de Neu-Ulm demonstra claramente as inovações que a região de Ulm/Neu-Ulm consegue realizar".


Klaus Eder, diretor executivo da SWU, acrescenta: "A SWU tem dado apoio a várias iniciativas e projetos de ajuda na região sob o slogan #WirFürEuch (#NósporVocês). Para nós, organizar o pessoal para realizar o transporte dos pacientes pela UTI móvel, assim como para os reparos e manutenção do veículo, é uma boa oportunidade de colaborar. Afinal, nós transportamos mais de 40 milhões de passageiros com segurança e confiabilidade todo ano".

Com previsão de uso inicial de seis meses, o modelo exclusivo é fruto de uma ideia de transformar um ônibus para fazer frente à necessidade de aumentar a capacidade de transporte por UTI móvel, atualmente tão necessária em muitos lugares.

A moderna estrutura hospitalar do veículo é composta por quatro macas de rodas eletro-hidráulicas, quatro respiradores de UTI, quatro telas de monitoramento, uma unidade de ultrassonografia,  um dispositivo de análise de gasometria arterial e espaço suficiente para armazenamento de objetos, medicamentos, equipamentos de enfermaria e de respiração, além de roupas de proteção. Destaca-se ainda a presença de janelas laminadas para garantir privacidade e a presença de sistemas de sirenes e luzes azuis.

Segundo a Daimler Buses, a UTI móvel será disponibilizada para o sistema de transporte médico dentro do estado de Baden-Württemberg, mas poderá ser utilizada para operações interregionais e interestaduais. A frequência e as regiões em que a UTI de alta capacidade irá operar dependerão principalmente da forma como a pandemia do Covid-19 continuará nos próximos dias.
Mercedes-Benz/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários