header ads


Governo Federal libera mais de R$ 5 milhões para incentivo à caminhoneiros autônomos

Cláudio Neves
Com o objetivo de incentivar o cooperativismo entre os caminhoneiros autônomos, melhorar a renda e a qualidade de vida da categoria, o Governo Federal liberou nesta semana R$ 5,8 milhões para o Roda Bem Caminhoneiro, um projeto dos Ministérios da Cidadania e Infraestrutura. 

De acordo com o governo, a verba é primeira parte de um repasse total de R$ 18 milhões que inicialmente será feito ao longo de 18 meses, como prometido em dezembro de 2019, quando o programa foi lançado no Brasil. A expectativa é de que o Roda Bem Caminhoneiro agregue 100 cooperativas entre novas e existentes, chegando ao alcance de cerca de 100 mil caminhoneiros.


O programa prevê ações para fornecer infraestrutura, capacitação a distância e assessoramento técnico às cooperativas. Destaque para o fornecimento de 100 kits, um para cada cooperativa, compostos por contêineres-escritórios, equipados com depósito, escritório e lavabo, notebook, smartphone e um aparelho de ar condicionado. A iniciativa prevê ainda a criação de uma rede de pontos de abastecimento de combustível nas sedes das entidades, afim de reduzir o preço do óleo diesel para os caminhoneiros cooperados.


Além do combustível, o programa Roda Bem Caminhoneiro também facilitará a aquisição de produtos como pneus, lubrificantes e peças com preços mais baixos, através e um aplicativo do programa, que contará com uma central de compras digital. As cooperativas ficarão responsáveis pelas compras em larga escala, podendo, portanto, vender aos caminhoneiros com preços mais competitivos.

Inscrição
Os grupos informais que desejarem constituir uma nova cooperativa e aderir ao projeto podem fazer a inscrição através de um formulário oficial do Governo Federal: CLICANDO AQUI. Já as entidades existentes e que também queiram aderir ao programa Roda Bem Caminhoneiro, devem fazer a inscrição através de outro formulário, CLICANDO AQUI.


TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Governo Federal

Postar um comentário

0 Comentários