header ads


Exército lança 700 toneladas de asfalto por dia em obras de duplicação da BR-116/RS

1º Batalhão Ferroviário de Lages
O Exército Brasileiro, através do 1º Batalhão Ferroviário de Lages, Santa Catarina, deu início nesta semana a mais uma importante etapa das obras de duplicação da BR-116 no estado do Rio Grande do Sul.

Com o auxílio de duas pavimentadoras, operando de forma simultânea, as equipes estão concentrando as atividades no lançamento da segunda camada de asfalto no trecho recém duplicado, na região do município de Barra do Ribeiro, Rio Grande do Sul. Ao todo são mais de 700 toneladas de asfalto aplicadas em um único dia. 


Segundo o Comando Militar do Sul, o trabalho que vem sendo realizado de maneira técnica, tem como principal objetivo, garantir agilidade nas obras e qualidade para a rodovia federal. Além disso, o uso simultâneo de dois equipamentos de pavimentação elimina as emendas e eleva a durabilidade do pavimento.

A expectativa das equipes que atuam na pavimentação do trecho é de que 10 quilômetros sejam liberados até outubro deste ano. O Exército Brasileiro será responsável por 50 quilômetros de obras entre os municípios de Guaíba e Tapes, ambos no Rio Grande do Sul.

"Já são 74 km duplicados na BR-116/RS, que interliga as principais regiões gaúchas e é a principal via de acesso ao Porto do Rio Grande do Sul. Com a parceria entre o DNIT e o Comando Militar do Sul, vamos cumprir o compromisso de entregar toda a extensão de 211 km até ano que vem.", destacou o Ministério da Infraestrutura nas redes sociais.

LEIA: Governo do Brasil e Exército concluem mais uma etapa da obra de duplicação da BR- 116/RS

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Ta passando da hora do exercito daqui de anapolis ou ipameri ou de araguari dar jeito e de duplicar a GO.139 E GO 217 ,GO219 ATE TUDO DE FORA A FORA E TBM A MG 413 QUE VAI ARAGUARI DE TANTO MOVIMENTO E TRAFICO E MUITO FLUXO DE CARRETA DEMAIS ..

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.