header ads


“Envenenar” a válvula pedal do freio compromete o sistema de frenagem

WABCO/Divulgação
O motorista chega na oficina mecânica com um caminhão e pede para “envenenar” o freio. A ideia é aumentar o freio do veículo para melhorar o desempenho da frenagem. Contudo, aumentar a pressão do sistema de freio poderá trazer consequências sérias, comprometendo a segurança, principalmente em condições de baixo coeficiente de aderência na pista (chuva, por exemplo), quando a dirigibilidade e a estabilidade do veículo ficam comprometidas. A WABCO, fornecedora global líder em sistemas de controle de frenagem e em tecnologias avançadas que melhoram a segurança, a eficiência e a conectividade de veículos comerciais, esclarece esta questão por meio da WABCO ACADEMY, centro de excelência em treinamento técnico. A filosofia da WABCO ACADEMY é compartilhar conhecimento prático e informações obtidas ao longo de anos de experiência.

Para fazer o tal “envenenamento”, o mecânico retira um componente interno da válvula pedal denominado “mola de borracha” e faz a substituição por um componente rígido ou insere calços, reduzindo a elasticidade da peça. Ao adulterar as características da válvula pedal WABCO, a funcionalidade fica comprometida. Apesar de o pedal do freio apresentar uma sensação de rigidez, esta mudança não significa que a frenagem do veículo fique mais eficiente. A adulteração da válvula de freio coloca em risco a segurança do veículo e deixa-o exposto a condições de acidentes.


A WABCO recomenda não adulterar nenhum componente do sistema de freio.  As peças originais da WABCO são desenvolvidas respeitando padrões de qualidade e segurança, seguindo exigências estabelecidas globalmente para a segurança veicular. Além disso, originais têm qualidade premium certificada pela montadora do veículo.

Ao fazer a manutenção dos produtos WABCO, utilize peças originais, para garantir a qualidade, a segurança e o correto funcionamento do produto aplicado no veículo. A WABCO também conta com a rede de oficinas Service Partner, postos de serviços credenciados com profissionais treinados e capacitados pela WABCO ACADEMY, para a realização de serviços de manutenção.
FONTE: WABCO

Postar um comentário

0 Comentários