Foton inicia testes de novo caminhão no Brasil

Foton/Divulgação
A Foton confirmou nesta semana o início de testes de um novo modelo de caminhão no Brasil, destinado às operações de logística urbana. Sucesso no mercado chinês por oferecer conforto, agilidade e facilidade de condução, características semelhantes à de automóvel de passeio, o novo caminhão TM 2.8 está previsto para chegar ao mercado nacional no segundo semestre deste ano.

De acordo com a marca chinesa, os testes marcam o início da introdução de novas soluções de transporte no Brasil. Dentre os principais destaques do inédito Foton 2.8 está a oferta de uma versão movida a GNV (Gás Natural Veícular). Segundo a Foton, o novo caminhão vem equipado com motor a gasolina de 112 cv e também será disponibilizado na versão com kit gás, feito pela empresa especializada Convergas, parceira da marca e com garantia Foton. 

Além da pegada ambiental, o novo TM 2.8 também se destaca pela capacidade técnica e legal para 2.795 kg, sendo 1007 kg de tara e 1.788 kg de carga útil, característica que o torna o modelo mais leve da família Foton no Brasil. Atualmente a montadora comercializa no Brasil os caminhões leves da família Aumark, de 3.5 a 10 toneladas.

Segundo a Foton, o inédito TM 2.8 permitirá a instalação de uma carroceria com 3,0 m de comprimento por 1,5 m de largura livres. “Basicamente o novo modelo é ideal para utilização em vários segmentos da economia, equipado principalmente com implemento do tipo baú e carga seca, mas com certeza haverá outras inúmeras possibilidades”, destaca Eustáquio Sirolli, diretor de Desenvolvimento de Produtos da Foton do Brasil.

De acordo com Ricardo Mendonça de Barros, diretor de Vendas, Marketing e Rede de Concessionárias da Foton, o novo veículo da marca supera com folga a maioria das “pick-ups sociais” existentes no mercado nacional, além de oferecer a melhor relação custo por carga útil transportada. “O novo TM é um produto que já nasce preparado para uso do GNV e tem um relevante diferencial, que é a sua motorização de 1.5 l, com essa capacidade de carga útil de 1.788 kg, expressiva para uma camionete, e uma grande novidade no mercado brasileiro”

Já a versatilidade do novo modelo é garantida pela classificação de caminhonete, característica que permite condução por motoristas habilitados na categoria B.  “Robusto, econômico, fácil de dirigir e versátil, esse novo produto oferece alta eficiência à logística urbana e, com o kit gás, também contribui para reduzir substancialmente as emissões de poluentes nas grandes cidades”, comenta Sirolli.

Os atributos do novo modelo chinês não se restringem apenas às características operacionais. O interior da cabine com acabamento refinado e itens de série como, defletor de ar no teto, ar condicionado, embreagem super soft, vidros elétricos, travamento de portas remoto, chave tipo canivete, radio com entrada USB e suspensão dianteira com braços oscilantes, garante ao modelo a classificação como membro de uma linha premium.


Testes na Coopercarga
O primeiro Foton TM 2.8, com kit gás, já está na primeira fase de testes na Coopercarga, uma das maiores cooperativas de carga do País.

Operado pela Ecomoby (Transportadora especializada na utilização de combustíveis alternativos ao diesel), o modelo está sendo empregado atualmente nas operações de entrega da Rede Carrefour na capital paulista. A previsão é que o veículo rode até cinco mil quilômetros em um mês. De acordo com a Coopercarga, cada viagem levará aproximadamente 800 kg em produtos, realizando dois ciclos de viagens por dia, de segunda à sexta. Ao todo serão transportados 35 mil kg de produtos por mês.

A Convergas, responsável pela tecnologia de última geração do kit a gás, instalou no veículo um módulo de controle de ignição para assegurar a disponibilidade de potência do motor.

“Para armazenar o GNV o sistema é composto por dois cilindros de 60 litros hidráulicos cada, totalizando uma capacidade de 30m³. Com isso a autonomia do veículo só com GNV pode chegar a 280 quilômetros”, explica André Bermudo, Diretor da Ecomoby. O peso total do equipamento é de aproximadamente 170 kg.

De acordo com Leandro Gedanken, diretor industrial, engenharia e desenvolvimento da Foton, a princípio o veículo será importado da China. A Foton vai trazer 100 unidades do modelo ainda neste ano de 2020. “Começamos com importação e à medida que o volume cresça já temos estrutura pronta para nacionalização do novo modelo”, pontua.
Foton/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Foton
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários