Produção de caminhões registra leve recuo no primeiro bimestre de 2020

DAF/Divulgação
A produção brasileira de caminhões encerrou o primeiro bimestre de 2020 registrando um leve recuo em relação ao mesmo período de 2019. Os números são confirmados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

De acordo com o balanço oficial da entidade, no primeiro bimestre de 2020 foram produzidos 16,3 mil caminhões em todo o país, leve queda de 0,9% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram produzidos 16,4 mil caminhões. 

Apesar da leve queda no período, somente no mês de fevereiro foram produzidos 9,1 mil caminhões no Brasil, crescimento de 27,3% em relação a janeiro. Entretanto, em relação a fevereiro de 2019, quando foram produzidos 9,6 mil caminhões, a indústria brasileira registrou um recuo de 5,3%.

Já a comercialização de caminhões no Brasil também recuou no primeiro bimestre de 2020. De acordo com a Anfavea, foram comercializados 6,4 mil caminhões no último mês, queda de 6,7% em relação a fevereiro de 2019, quando foram comercializados 6,9 mil caminhões no país. No acumulado do primeiro bimestre de 2020, os emplacamentos de caminhões novos totalizaram 13,7 mil unidades, leve queda de 1,2% em relação ao mesmo período de 2019.

Confira na íntegra os números da Anfavea: CLIQUE AQUI


TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários