header ads


Mercado de ônibus recua 4% no primeiro bimestre de 2020

Mercedes-Benz/Divulgação
O mercado brasileiro de ônibus registrou um leve recuo no primeiro bimestre de 2020. Os números são confirmados pelo relatório da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

De acordo com os dados da entidade, nos dois primeiros meses do ano foram emplacados 3.996 ônibus em todo país, queda de 4,61% em relação ao primeiro bimestre de 2019 quando foram licenciados 4.189 unidades.

Somente no mês de fevereiro, 1.840 ônibus foram licenciados em todo o país, queda de 14,6% em relação a janeiro, quando foram emplacados 2.156 unidades. Em relação a fevereiro de 2019, quando foram licenciados 1.986 ônibus, o segmento registrou no segundo mês deste ano um recuo de 7,35%.

A expectativa é que o segmento retome os números positivos nos próximos meses, impulsionado pela continuidade da renovação das frotas de transporte público dos grandes centros urbanos do país. 

Mercedes-Benz na liderança

O mercado brasileiro de ônibus encerrou o primeiro bimestre sendo liderado pela Mercedes-Benz com um total de 2.747 unidades emplacados e participação de 68,74%. A Volkswagen garantiu o segundo lugar no ranking com 564 ônibus licenciados e participação de 14,11%. Na terceira posição aparece a Marcopolo com 379 ônibus emplacados e participação de 9,48%. Já a Scania garantiu o quarto lugar do mercado nacional com um total de 126 unidades licenciadas e participação de 3,15%. Em quinto lugar, a Volvo registrou no primeiro bimestre 95 ônibus emplacados, número que garantiu uma participação de 2,38%. Já a IVECO, garantiu a sexta colocação com um total de 68 ônibus emplacados e participação de 1,70% no primeiro bimestre de 2020. A sétima colocação do ranking de mercado foi ocupada pela Agrale com 14 emplacamentos e participação de 0,35%. Por fim, a BYD garantiu a oitava colocação no mercado com 3 unidades emplacadas e participação de 0,08%.


Confira na íntegra os números da Fenabrave: CLIQUE AQUI 

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários