Diesel acumula queda de 19% no preço em 2020, mas postos não acompanham

Marcelo Camargo
Passou a valer no último sábado, 29 de fevereiro, a quinta redução consecutiva no preço do óleo diesel nas refinarias de todo o país. Somando-se todos os reajustes promovidos pela Petrobras neste ano, o combustível já acumula uma queda de 19,5%.

LEIA: Petrobras reduz preço do óleo diesel em 5%

As sucessivas reduções de preços são justificadas pelas significativas quedas nas cotações do barril de petróleo no mercado internacional, refletindo diretamente na política de preços da Petrobras, que atualmente tem como base a paridade internacional.

Entretanto, as quedas no preço do óleo diesel não têm chegado no mesmo ritmo nos postos de todo o país. De acordo com o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do óleo diesel nas bombas acumula uma queda de cerca de 2% no ano. Ainda segundo a ANP, atualmente o combustível tem preço médio de R$ 3,701 por litro.

A lentidão no repasse dos reajustes de preços aos consumidores é justificada por uma série de fatores, como por exemplo, consumo de estoques, impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Mas se subir hoje, amanhã já tá atualizado na bomba pra gente.

    ResponderExcluir
  2. E onde ANP entra na fiscalização e notificação dos postos de combustível

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.