PRF localiza caminhões no Paraná que se evadiram da balança em Santa Catarina

Agência PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou dois caminhões de madeira serrada que não passaram pela balança em Santa Catarina. Os caminhões foram abordados na BR-116 e os policiais escoltaram os veículos de volta na balança para pesagem, que resultou em quase 20 toneladas de excesso de peso. Os caminhões foram autuados e tiveram que realizar o transbordo da carga excedente para seguirem viagem.

Na quinta-feira (13), por volta do meio-dia, agentes da PRF receberam a informação de que dois caminhões, carregados de madeira serrada, evadiram-se da balança de pesagem, que fica na cidade de Garuva, na BR-101, em Santa Catarina. Uma equipe da PRF, que estava na Polícia Federal em Curitiba (PR), em atividades institucionais, conseguiu iniciar as rondas para localizar os caminhões por volta das 12h40. Às 13h10, os agentes localizaram os caminhões e os abordaram, já na BR-116, em Piraquara, no Paraná, depois de cerca de 100 quilômetros.


Os policiais entraram em contato com os funcionários da balança em Santa Catarina e confirmaram os veículos, que foram escoltados de volta para realizarem a devida pesagem.

Por volta das 15 horas, os policiais chegaram com os caminhões na balança. Após a pesagem, foi verificado que um dos caminhões estava com 9,7 toneladas de excesso de peso e o outro, com 8,7 toneladas excedentes. Foram autuados em cerca de R$ 9 mil cada um. Além disso, um dos caminhões foi autuado por uso de película irregular e falta de equipamento obrigatório (guarda corpo da carreta). Os caminhões permaneceram no local e só foram liberados após o transbordo das madeiras.

Um dos caminhões possuía 14 evasões da balança desde 2019 e o outro, 11, desde 2019 também.
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Parabéns para a PRF que sirva de exemplo para outros irresponsáveis no volante.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.