header ads


BR-163: Com asfalto recuperado produtores pedem redução no preço do frete

Exército Brasileiro/Divulgação
Com a conclusão das obras de recuperação do asfalto de um importante trecho da BR-163, que liga os estados de Mato Grosso e do Pará, produtores, especialmente de soja e milho, esperam uma redução do preço do frete. A rodovia agora está livre de atoleiros que antes atrasavam o transporte dos grãos e elevavam os custos do escoamento.
Para Edeon Vaz Ferreira, diretor Executivo do Movimento Pró Logística de Mato Grosso, não há mais justificativa para manutenção dos atuais valores.

O caminhoneiro Délcio Kappes, de 50 anos, sabe o que é ficar horas ou até dias parado por causa das péssimas condições da rodovia, por isso, hoje ele comemora a conclusão do asfaltamento na BR-163. No entanto, Délcio se preocupa com uma possível diminuição do preço do frete.


Mas o que produtores e caminhoneiros têm em comum é o desejo de que a manutenção da BR-163 seja constante, já que agora o fluxo de veículos na rodovia e a quantidade de grãos transportados tende a aumentar.

O trecho pavimentado da BR-163 tem 51 quilômetros. O serviço foi feito por militares do 8º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército. O DNIT, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, informou que além das obras de asfaltamento e manutenção, também iniciou o trabalho de hidrossemeadura na região, ou seja, estão sendo plantadas sementes para criar vegetação de proteção no local e evitar erosões.
FONTE: Rádio EBC

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Baixar o frete mais do está? Aí levar de graça, porque não pedem pra baixar o preço da saca soja e milho.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente eles penssa que caminhao anda com agua no tanque eles so ver que a estrada fico pronta mas nao ver a dispeza que da pra trasporta os produto deles porque eles bao coloca a s propia frotas dele pra pucha o produtos deles eles acha que so o frete e caro praeles na realidade esse frete hj e uma porcaria que nao da nem po diesel e manutenssao do caminhao

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.