JMalucelli amplia rede de pontos de assistências FPT Industrial no RS e SC

FPT Industrial/Divulgação
Dando sequência à expansão da Rede de Distribuidores, presente em mais de 85% do território nacional, a JMalucelli, Distribuidor FPT Industrial na região sul do país, anunciou a nomeação de seis novos Pontos Assistenciais no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Localizados em Caxias do Sul, Erechim, Itajaí, Passo Fundo, Rio do Sul e Tubarão, os novos PAs oferecem assistência técnica ágil e eficiente e venda de peças para motores de caminhões, ônibus, máquinas de construção, agrícolas, embarcações e geradores de energia, garantindo a qualidade e o desempenho originais dos motores da FPT Industrial, marca da CNH Industrial.

“A expansão da Rede através dos PA’s tem por objetivo a maior abrangência no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, utilizando parceiros com qualificação técnica e comercial para entregar aos clientes produtos e serviços dentro dos padrões FPT Industrial”, afirma o gerente Corporativo FPT Industrial da JMalucelli, Marcos Alexandri Soares.

Recentemente, a FPT Industrial já havia anunciado a abertura de Pontos Assistenciais em Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo.


“A FPT Industrial é uma marca em constante crescimento. É fundamental estender a Rede de Distribuidores para atingir cada vez mais clientes. Temos uma grande oferta de produtos para diferentes aplicações de bens de capital”, afirma o presidente da FPT Industrial para a América do Sul, Marco Rangel.

REDE DE DISTRIBUIDORES
A Rede FPT é composta no Brasil pelos grupos Agritex, que atua no Mato Grosso; Brasif, no Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins; JMalucelli, no Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina; Servel, em Sergipe; e Tracan, em Minas Gerais e São Paulo. Na América do Sul, a FPT Industrial conta com o suporte dos grupos Euro Torque, Grumaq, Mayssa e Propeller, na Argentina; Kaufmann, no Chile; Rodomaq, no Paraguai; Modaservice no Peru, Austral no Equador; e Comasa, no Uruguai.
FONTE: FPT Industrial

Postar um comentário

0 Comentários