Brasília renova frota com 590 ônibus urbanos Mercedes-Benz

Mercedes-Benz/Divulgação
A Mercedes-Benz realizou a venda de 590 ônibus urbanos para quatro empresas de Brasília, atendendo ao programa de renovação de frota do Distrito Federal. São aproximadamente 320 unidades para a Viação Pioneira, 130 para a Urbi Mobilidade Urbana, 70 para a Auto Viação Marechal e 70 para a Piracicabana. As entregas já foram iniciadas e a previsão é que todos os veículos estejam em operação até janeiro de 2020.

“Com muita satisfação, a Mercedes-Benz vai fornecer a maior parte dos ônibus para renovação de frota na capital do País. A boa performance de nossos produtos, assim como os serviços oferecidos pela marca, foram fatores determinantes na hora da negociação”, diz Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “O programa tem o objetivo de renovar os veículos até o fim do ano e é uma grande conquista fornecer grande parte dos ônibus para essa renovação de frota”.

Com a renovação, a população local e os motoristas passam a contar com mais qualidade, conforto e segurança no transporte público. Para as empresas, os ônibus Mercedes-Benz oferecem reduzido consumo de combustível e baixo custo operacional, assegurando a rentabilidade desejada pelos clientes.

Frotas 100% Mercedes-Benz
A Viação Pioneira é cliente tradicional da marca desde 2003 e possui uma frota 100% Mercedes-Benz com mais de 600 ônibus. “Temos um bom relacionamento com a Empresa e sempre encontramos o melhor desempenho nos produtos da marca em relação à concorrência, principalmente no quesito consumo de combustível. Os veículos quase nunca ficam parados por nenhum tipo de problema e contamos com um ótimo atendimento de peças de reposição sempre que precisamos”, afirma Anisio Silva, gerente administrativo.

Com uma frota de 500 ônibus, dos quais 100% são Mercedes-Benz, a Urbi Mobilidade Urbana é cliente da marca desde 2013, destacando-se pelo bom relacionamento. De acordo com Lucas Santos, diretor executivo, sua empresa escolheu novamente os veículos pela ótima performance que apresentam, assim como pela resistência, robustez, consumo de combustível e o baixo custo operacional, ressaltando que todos esses itens, sem dúvida, se sobrepõem à concorrência. Todos os novos ônibus da Urbi serão equipados com suspensão pneumática.

Marco Gulin, diretor presidente da Auto Viação Marechal, atua com a Mercedes-Benz no Distrito Federal há 6 anos, mas sua trajetória com a marca vem de uma longa história que acontece há mais de 5 décadas. Segundo o cliente, essa boa parceria vem de muito tempo e pode ser comprovada pela praticidade, fácil manutenção, melhor custo operacional, baixo consumo de combustível e o bom atendimento de pós-vendas. Para ele, os veículos, também com suspensão pneumática, propiciam mais conforto para os passageiros. Com 464 ônibus, a Marechal também é composta por uma frota 100% Mercedes-Benz. 

Joaquim Constantino, presidente da Viação Piracicabana, é parceiro da Mercedes-Benz por mais de 40 anos. Ele afirma que conhece bem a marca e nunca precisou realizar demonstração de frota para conferir o bom desempenho dos ônibus. “Somos companheiros de muitos anos e estamos sempre atualizados com o mercado. A Mercedes-Benz apresenta uma mão de obra qualificada e os seus veículos urbanos são muito mais econômicos do que a concorrência”. Ele afirma também que os produtos da marca agregam valor em sua frota pelo baixo consumo de combustível e pelo baixo custo com manutenção. No ano de 2018, o cliente adquiriu também outros 120 ônibus da marca. 

A Mercedes-Benz fez parte da grande renovação de frota em Brasília que aconteceu entre os anos de 2013 e 2014, fornecendo um total de 2.000 ônibus para a capital do País. “Foi uma venda histórica e, de lá para cá, a marca se consolidou no Distrito Federal pela confiabilidade e baixo custo operacional que resultaram na venda de quase 600 novos ônibus nessa renovação”, diz Walter Barbosa. 

Mercedes-Benz é líder nas vendas de ônibus urbanos no País
A Mercedes-Benz é líder nas vendas de ônibus urbanos no Brasil. De janeiro a outubro, considerando o segmento acima de 8 toneladas de PBT, a Empresa detém 77% de participação no mercado brasileiro, com 5.410 unidades emplacadas. Esse volume de venda é cerca de 36% maior em relação às 3.986 unidades do ano anterior.

Em 2019, no acumulado até outubro, a Mercedes-Benz aumentou em 42% as vendas totais de ônibus no Brasil em relação a 2018, com mais de 9.000 unidades emplacadas. Dessa forma, manteve sua tradicional liderança no segmento acima de 8 toneladas de PBT, com mais de 52% de participação, sendo 77% em urbanos e quase 52% em rodoviários.
FONTE: Mercedes-Benz

Postar um comentário

0 Comentários