Copa Truck tem estreias, retornos e maior grid do ano em Cascavel

Duda Bairros/+Brasil
Com boas novidades e o maior grid de sua história recente – são 24 caminhões inscritos – , a Copa Truck abre neste fim de semana (5 e 6) em Cascavel a reta final da temporada de 2019 com o início da quarta e última Copa do ano, que será concluída no fim do mês no Velopark (RS) e definirá as três últimas vagas para a Grande Final de dezembro em Interlagos.

Uma delas é a estreia de Guilherme Salas, um dos grandes nomes da nova geração, com o Mercedes-Benz da JL, equipe que retorna ao grid após ter competido em 2018. “Fui convidado pelo José Luiz, dono do time, para competir e topei na hora. Por enquanto vou disputar esta etapa apenas, mas nada me impede de fazer mais se der certo o fim de semana”, destaca Salas, líder da Stock Light, divisão de acesso da Stock Car, onde também corre Gabriel Robe, da equipe PP Motorsport.

A outra novidade é a volta de uma lenda do automobilismo. Maior nome de Cascavel nas pistas, Pedro Muffato, de 79 anos, levará o Scania de volta ao grid após ser convidado pelo amigo e piloto Roberval Andrade. “O Pedro tem intimidade com os caminhões, já correu bastante e surgiu a ideia de convidá-lo para correr na etapa. Ele, claro, topou na hora e vai matar a saudade da velocidade”, comenta Roberval. A última vez que Pedro havia competido em um campeonato nacional foi na etapa do Mercedes-Benz Challenge no ano passado.

Completando a lista das estreias e retornos do fim de semana, a equipe FF Motorport alinhará um terceiro caminhão para Glomir Bissoni Jr., mais conhecido como Juca Bala, um dos grandes nomes da arrancada de caminhões, enquanto Adalberto Jardim volta após fazer uma revisão meticulosa em seu caminhão Ford – que o tirou da corrida anterior no Uruguai. Essa relação corre o risco de aumentar, uma vez que ainda existe uma vaga aberta na equipe JL.

Pilotos têm última chance de obter vaga para brigar pelo título
A etapa que abre a última copa do ano é vista como primordial para muitos pilotos que bateram na trave nas disputas anteriores e não conseguiram uma vaga disputar o campeonato na Grande Final ao lado dos já classificados Beto Monteiro, André Marques, Felipe Giaffone, Roberval Andrade e Leandro Totti.

Nomes como Paulo Salustiano, Wellington Cirino, Debora Rodrigues, Pedro Paulo, Regis Boessio e Renato Martins, presenças constantes no pódio, torcem para a sorte estar do lado nesta última oportunidade do ano. “Aqui a gente abre a disputa e encerramos ela no Velopark dia 27. Lá a gente sabe que será difícil, então um bom resultado em Cascavel é essencial para nossas pretensões. Liderei a última Copa e a sorte não esteve do meu lado em Rivera, mas agora refizemos todo o caminhão e vou com o foco fixo em brigar pela vitória”, destaca Salustiano. “Nesta etapa vou até estrear uma nova pintura para quem sabe marcar uma nova fase aqui em Cascavel”, conta Cirino, que foi o grande nome da corrida ano passado, com uma vitória.

Já classificado para a decisão de Interlagos, André Marques tem em Cascavel um outro foco: voltar a pilotar após o acidente na largada da última corrida, em Rivera, que provocou três fraturas em seu braço esquerdo. “Eu vou tentar e acredito que não terei problemas em correr em Cascavel. Só não corro se doer demais, mas essa é uma possibilidade que eu não trabalho, pois, como piloto, não consigo pensar em ver essa corrida do lado de fora da pista”, destaca.


Evento terá mais de 60 máquinas, três categorias e cinco corridas
Além da Copa Truck, o público do Oeste do Paraná também verá a sexta etapa do Mercedes-Benz Challenge e a quinta da nova Copa HB20, que fará sua primeira apresentação na cidade. Juntas, as três categorias levarão mais de 60 máquinas para a pista durante o fim de semana.

Enquanto a sexta-feira (que é fechada ao público) conta somente com treinos livres, o sábado já recebe as tomadas de tempos, a primeira corrida da Copa HB20 e a visitação aos boxes liberada aos portadores de todos os ingressos, com o domingo reservado para nada menos que quatro corridas (duas da Copa Truck, uma do MBC e uma da Copa HB20), além do Desfile dos Pilotos e de atrações de pista como o Caminhão de Manobras da Omni.

Na parte das transmissões, as tomadas de tempos da Copa Truck e do Mercedes-Benz Challenge serão exibidas pela internet nas respectivas redes sociais, enquanto no domingo as transmissões vão para a televisão, com a Copa HB20 e o Mercedes-Benz Challenge tendo suas corridas exibidas ao vivo no Band Sports, enquanto a Copa Truck terá suas provas transmitidas pelo SporTV 3 e SporTV Play.
FONTE: Copa Truck

Postar um comentário

0 Comentários