Mercedes-Benz reativa segundo turno para a produção de ônibus

Mercedes-Benz/Divulgação
Após três produzindo apenas em um turno de trabalho, a Mercedes-Benz retomou na última semana a produção de ônibus em dois turnos na fábrica de São Bernardo do Campo, São Paulo.

Dentre os fatores que contribuíram para essa decisão está a retomada das vendas no mercado nacional, com destaque para o segmento urbano, onde as principais operadoras de transporte público do país retomaram as atividades de renovação e frota.

O presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina, Philipp Schiemer, diz que, em 2018, a montadora percebeu que o país “começou a entrar nos trilhos do crescimento” e que, em 2019, esse movimento ganhou mais energia, apesar de ainda estar lento. “As empresas de transporte confiaram nesse embalo e passaram a renovar suas frotas. Hoje, existe um clima de confiança do investidor que não pode ser perdido e é nesse momento que estamos trazendo mais novidades para eles”. 

Somente para a capital paulista, a montadora alemã fechou a venda de um lote recorde de 1,6 mil ônibus urbanos. As entregas devem começar em dezembro deste ano.

Segundo Schiemer, a previsão para 2019 é que o mercado de ônibus novos seja de aproximadamente 18 mil unidades – a estimativa é de um crescimento de aproximadamente 25% na comparação com 2018, quando foram emplacados 14,4 mil exemplares.

“O Brasil é um país de dimensão continental e que tem um potencial enorme de atividades econômicas. A economia precisa ganhar mais velocidade, com cuidados para não descarrilhar, como aconteceu na última década. Esperamos muito mais a partir de 2020”.

Atualmente a fábrica da Mercedes-Benz no ABC Paulista conta com dois turnos para a produção de caminhões e ônibus e três turnos para a produção de peças agregadas.

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários