Beto Monteiro domina etapa de Rivera e leva Terceira Copa

Duda Bairros/+Brasil
Diante de 34 mil pessoas – superando o número do ano passado – a Copa Truck consagrou Beto Monteiro como campeão da Terceira Copa em Rivera, no Uruguai – seu segundo título apenas neste ano. O pernambucano foi soberano neste domingo, vencendo as duas corridas que formaram a sexta etapa da temporada 2019.

A primeira corrida viu o piloto da Volkswagen largar da pole, liderar todas as voltas e marcar a melhor volta, recebendo a bandeira quadriculada com quase 11 segundos de diferença para o segundo colocado, Roberval Andrade. Na segunda prova, largando em oitavo por conta do grid invertido, Beto se aproveitou das diversas confusões e escalou o pelotão até travar um belo duelo com Roberval Andrade pela vitória, levando a melhor sobre o rival da Mercedes por quase meio segundo.

Com isso, Beto atingiu a incrível marca de sete vitórias em 2019 (contra três de Paulo Salustiano e André Marques), enquanto a Volkswagen alcançou 11 vitórias em 12 corridas disputadas até aqui. “Foi um fim de semana incrível, o caminhão estava fantástico e a equipe está de parabéns. Tinha chegado aqui almejando somar mais pontos para a Grande Final, mas o título veio para coroar ainda mais esse trabalho que estamos fazendo neste ano”, destacou Beto.

Vice-campeão da Terceira Copa, Leandro Totti também destacou o trabalho de sua equipe, a PP, que colocou tanto ele, em segundo, quanto Pedro Paulo Fernandes, o quarto, no pódio da segunda corrida. “Depois que perdemos as vitórias em Curvelo, virou questão de orgulho dar a volta por cima. Não veio o título nem a vitória, mas essa vaga para a Grande Final foi como um grande triunfo para nós. Agora, podemos trabalhar com mais tranquilidade na Copa seguinte visando a Grande Final”, comentou o “Marvado”.

Já o terceiro lugar na Copa ficou nas mãos de Felipe Giaffone, terceiro na corrida 1 e quinto na segunda. “A gente não tinha um caminhão bom para essa pista, mas o resultado caiu no céu. Não estou ainda satisfeito com o nosso rendimento e vamos seguir trabalhando para a Grande Final. Enquanto isso, quanto mais resultados positivos a gente conseguir, melhor. Mas ainda não depende só da gente”, ressaltou o campeão geral de 2017.

Outro destaque do fim de semana foi Roberval Andrade, que somou dois segundos lugares e levantou a galera com sua pilotagem agressiva. “Como hoje é aniversário do Corinthians, clube que eu represento nas pistas, quis dar de presente o melhor resultado possível. Não fosse a quebra em Santa Cruz do Sul, certamente teria brigado pelo título”, conta. Quem também teve motivos para comemorar foi Fábio Fogaça, sexto colocado na segunda prova após ter problemas em todas as etapas – seu pai, Djalma Fogaça, completou a festa da equipe FF ao ser décimo.

Por outro lado, alguns outros pilotos não tiveram o que comemorar, principalmente na segunda corrida, que foi bastante acidentada e deu trabalho à equipe médica: na largada, Jaidson Zini e André Marques bateram no fim da reta, com André levando a pior com uma suspeita de fratura no punho. Mais adiante, por conta de um enrosco envolvendo Giaffone, Wellington Cirino e Debora Rodrigues, Paulo Salustiano acabou acertando Cirino e Debora, ganhando de presente um inchaço no antebraço direito e perdendo a vaga na final – ele havia chegado aqui na liderança. “Uma hora dá certo”, lamentou Salu.

Como resultado, o ranking geral das Copas vê Beto Monteiro liderar isoladamente com 32 pontos, seguido de André Marques com 20, Felipe Giaffone com 18, Roberval Andrade e Leandro Totti com 10. A próxima etapa da Copa Truck, que abre a última Copa classificatória para a Grande Final, está marcada para o dia 6 de outubro em Cascavel, no Paraná.


Confira abaixo os resultados completos do fim de semana:
Corrida 1
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 16 voltas em 25min21s642
2. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 10s914
3. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 18s482
4. Leandro Totti (Mercedes-Benz), a 23s209
5. Felipe Giaffone (Iveco), a 26s223
6. Renato Martins (Volkswagen), a 26s924
7. Regis Boessio (Volvo), a 38s153
8. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 39s240
9. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 50s705
10. André Marques (Mercedes-Benz), a 50s986
11. Jaidson Zini (Iveco), a 53s858
12. Fabio Fogaça (Ford), a 1min18s076
13. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 1min28s498
14. José Augusto Dias (Volkswagen), a 1min30s986
15. Djalma Fogaça (Ford), a 1min31s464
16. Djalma Pivetta (Iveco), a 1min33s426
17. Danilo Alamini (Iveco), a 1 volta
18. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 4 voltas

Não completaram 75% da prova
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 6 voltas
Luiz Lopes (Iveco), a 7 voltas
Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 7 voltas

Melhor volta
Beto Monteiro, 1min33s968

Corrida 2
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 14 voltas em 25min21s900
2. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 7s185
3. Leandro Totti (Mercedes-Benz), a 13s493
4. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 17s970
5. Felipe Giaffone (Iveco), a 21s680
6. Fabio Fogaça (Ford), a 38s973
7. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 45s462
8. José Augusto Dias (Volkswagen), a 47s856
9. Djalma Pivetta (Iveco), a 48s404
10. Djalma Fogaça (Ford), a 52s451
11. Danilo Alamini (Ivec), a 57s774

Não completaram 75% da prova
Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 8 voltas
Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 8 voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 8 voltas
Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 8 voltas
Regis Boessio (Volvo), a 12 voltas
André Marques (Mercedes-Benz), a 13 voltas
Renato Martins (Volkswagen), a 14 voltas
Luiz Lopes (Iveco), a 14 voltas
Clodoaldo Monteiro (MAN), a 14 voltas
Jaidson Zini (Iveco), desclassificado

Melhor volta
Beto Monteiro, 1min34s275

Resultado final da Terceira Copa
1. Beto Monteiro, 67 pontos
2. Leandro Totti, 61
3. Felipe Giaffone, 55
4. Wellington Cirino, 46
5. Pedro Paulo Fernandes, 41
6. André Marques, 38
7. Paulo Salustiano, 36
8. Roberval Andrade, 36
9. Renato Martins, 35
10. Regis Boessio, 35
11. Luiz Carlos Zapelini, 34
12. José Augusto Dias, 25
13. Jaidson Zini, 19
14. Djalma Pivetta, 19
15. Fabio Fogaça, 18
16. Djalma Fogaça, 16
17. Danilo Alamini, 13
18. Debora Rodrigues, 11
19. Clodoaldo Monteiro, 8
Não pontuaram: Gabriel Robe, Luiz Lopes, Adalberto Jardim e Witold Ramasauskas.

Ranking das Copas restando uma para a Grande Final
1. Beto Monteiro, 32 pontos
2. André Marques, 20
3. Felipe Giaffone, 18
4. Roberval Andrade, 10
5. Leandro Totti, 10
FONTE: Copa Truck

Postar um comentário

0 Comentários