Mercado de caminhões acumula crescimento de 43% em julho

Alexandre Avila
Confirmando os sinais de confiança e retomada das vendas, o mercado brasileiro de caminhões encerrou o mês de julho com crescimento significativo em todos os comparativos, especialmente em relação aos períodos do ano anterior. 

Segundo os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), ao longo do mês de julho foram emplacados 9.001 caminhões em todo país, crescimento de 35,03% em relação a julho de 2018 quando foram emplacados 6.666 caminhões.

No comparativo com o mês anterior, junho de 2019, quando foram emplacados 7.804 veículos, o mercado brasileiro de caminhões apresentou um crescimento de 15,34%, segundo os dados da entidade. 

O acumulado dos sete meses de 2019 também apresentou um crescimento significativo em relação ao ano anterior. De acordo com a Fenabrave, de janeiro a julho deste ano já foram emplacados em todo o Brasil 55.867 caminhões, crescimento de 43,24% em relação ao mesmo período de 2018, quando foram emplacados 39.003 caminhões. 

Para o Presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Jr, a alta, no mês passado, está, diretamente, atrelada aos dias úteis de vendas. “O mês de julho teve quatro dias úteis a mais do que junho, o que refletiu, positivamente, nos volumes, em dias corridos. Contudo, as vendas diárias presentaram queda de 9,1%, passando de 15.960 unidades/dia, em junho, para 14.509 unidades/dia em julho”, alertou o Presidente da Federação, lembrando que, no estado de São Paulo, o feriado de 9 de julho influenciou na queda das vendas diárias.

Liderança incontestável 
O relatório de vendas divulgado pela Fenabrave também traz um ranking de marcas. Destaque para a liderança incontestável da Mercedes-Benz com 2.863 caminhões emplacados em julho, número que garantiu uma participação de 31,91% no mercado e 17.577 caminhões emplacados de janeiro a julho de 2019, número que garantiu a marca uma participação total de 31,46%. 

Na segunda colocação está a VW Caminhões e Ônibus com 2.189 caminhões emplacados em julho (participação de 24,32%) e 13.094 emplacamentos de janeiro a julho (participação de 23,44%).

Já a Volvo ocupa a terceira posição no ranking da Fenabrave com 1.373 caminhões emplacados em julho e (participação de 15,25%) e 8.501 emplacamentos nos sete meses de 2019 (participação de 15,22%). 

A Scania que iniciou a comercialização da nova geração apenas no fim de fevereiro já ocupa a quarta posição no mercado nacional. Segundo a Fenabrave, a marca sueca emplacou 1.241 caminhões em julho (participação de 13,79%) e 6.988 no acumulado do ano (12,51%). 
Reprodução relatório Fenabrave
Pesados em destaque 
Ainda segundo a Fenabrave, dentre os cinco segmentos de caminhões existentes no mercado brasileiro, o de pesados liderança com folga a vendas no país, acumulando uma participação de 51,15% em 2019.

Confira na íntegra os números da Fenabrave: CLIQUE AQUI 

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários