Mercado de implementos cresce 45% no primeiro semestre de 2019

Librelato/Divulgação
Confirmando todas as expectativas de recuperação e crescimento, o mercado brasileiro de implementos rodoviários encerrou o primeiro semestre de 2019 com crescimento significativo em relação ao mesmo período do ano anterior.
De acordo com os números divulgados pela Associação Nacional do Fabricantes de Implementos Rodoviários (ANFIR), nos seis primeiros meses de 2019, 56.187 unidades foram emplacadas em todo o país, crescimento de 45,39% em relação ao primeiro semestre de 2018, quando foram emplacadas 38.647 unidades.
Considerando cada segmento separadamente, ao longo do primeiro semestre de 2019 foram comercializados 30.847 reboques e semirreboques, crescimento de 58,88% em relação ao mesmo período de 2018, quando foram comercializadas 19.415 unidades. 
Já o segmento de carrocerias sobre chassi encerrou os primeiros seis meses do ano com um total de 25.340 unidades comercializadas, crescimento de 31,76% em relação ao mesmo período de 2018, quando foram comercializadas 19.232 unidades.
Dos 15 produtos do segmento de Reboques e Semirreboques, dois se destacam entre os mais comercializados ao longo do ano, graneleiro/carga seca com mais de 8.500 unidades comercializadas e basculante com mais de 6 mil unidades emplacadas em todo o Brasil. Já no segmento de carrocerias sobre chassi, os implementos do tipo baú alumínio/frigorífico lideram com mais de 10.500 unidades vendidas, seguidos dos graneleiros/carga seca com mais de 7.600 emplacamentos. 
Previsões para o fechamento de 2019
“O ritmo de recuperação segue inalterado nesses seis meses e por isso acreditamos que nosso mercado para 2019 deverá ser superior a previsão que fizemos no final do ano passado”, diz Norberto Fabris, presidente da ANFIR-Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários.
De acordo com as projeções da Anfir, o volume de emplacamentos em 2019 deverá crescer 20% em relação aos resultados de 2018. Com isso, as vendas ao mercado interno deverão encerrar o ano entre 106 mil e 110 mil implementos comercializados.


TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário