Concessão da BR-381/262/MG/ES prevê a construção de 2 pontos de parada para caminhoneiros

NOVA 381
A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) abriu, nesta quarta-feira (17), a Audiência Pública nº 10/2019, para receber contribuições sobre as minutas de Edital e Contrato, o Programa de Exploração da Rodovia e os Estudos de Viabilidade para concessão de 673,82 km da BR-381/262/MG/ES.

Estão previstas quatro sessões presenciais: Governador Valadares (MG), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Brasília (DF). O período para envio de contribuições vai até às 18 horas do dia 2 de setembro de 2019 (horário de Brasília).

A concessão 
De acordo com as minutas de edital e contrato, a concessão consiste na exploração, por 30 anos, da infraestrutura e da prestação do serviço público de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade das rodovias: BR-262/ES, no trecho entre a divisa ES/MG e o entroncamento com a BR-101/ES (Viana); BR-262/MG, no trecho entre BR-381/MG (João Monlevade) e a divisa ES/MG; e BR-381/MG, no trecho entre o entroncamento com a BR-262 (Sabará) e o entroncamento com a BR-116/MG (Governador Valadares).

Obras
Ao longo dos 30 anos de concessão, estão previstos R$ 9,1 bilhões em investimentos e R$ 5,6 bilhões em custos operacionais. Destaque para a duplicação de 595,4 km da rodovia, 42,4 km de faixas adicionais e a construção de 54 passarelas.

Pedágios
Além das obras, o contrato de concessão da BR-381/262/MG/ES prevê também a construção de 11 praças de pedágios (7 em Minas Gerais e 4 no Espirito Santo), tendo como tarifas básicas, por praça, R$ 8,54 para pista simples e R$ 11,10 para pista dupla.

Segundo o órgão federal as praças de pedágios estarão localizadas nos municípios de Caeté (MG), João Monlevade (MG), Itabira (MG), Belo Oriente (MG), Periquito (MG), São Domingos do Prata (MG), Manhuaçu (MG), Martins Soares (ES), Ibatiba (ES), Venda Nova dos Imigrantes (ES) e Viana (MG).

Pontos de parada para caminhoneiros
Pela primeira no país, um contrato de concessão rodoviária prevê a construção de pontos de parada para caminhoneiros. De acordo com o edital de concessão da BR-381/262/MG/ES, a concessionária vencedora deverá construir até o 12º mês de concessão dois pontos de parada ao longo da rodovia. 

Os locais deverão ter 20 mil m2, possibilitar atendimento aos caminhoneiros 24 horas por dia e sete dias por semana, e com edifício de pelo menos 200 m2, contendo sanitários, inclusive para pessoas especiais, sala de descanso e estacionamento exclusivo, com vagas de, no mínimo, 90 m2.

A novidade vai de encontro com as promessas feitas pelo Ministério da Infraestrutura no início deste ano e atende uma antiga reivindicação do transporte rodoviário de cargas brasileiro.

Confira na íntegra os detalhes da concessão: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Com informações: ANTT
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários