Scania desenvolve S 520 V8 super curto para operações com guindaste

Divulgação/Scania
Com o objetivo de atender as demandas operacionais da Gaffert, empresa holandesa especializada no içamento e movimentação de cargas no segmento industrial, a Scania desenvolveu e entregou recentemente um cavalo mecânico super curto da nova geração.


Equipado com um guindaste com capacidade para até 86 toneladas, o modelo S 520 V8 se destaca pela excelente distribuição de peso, velocidade média elevada em percursos rodoviários e versatilidade de operação em espaços estreitos. Características que são asseguradas pelo entre-eixos de 3.950 milímetros e pela tração 8x2/*6, composta por três eixos direcionais que garantem ao modelo um excelente ângulo de giro.


“Queríamos um cavalo mecânico pesado com velocidade média elevada para transportar um guindaste de 85 toneladas com uma excelente distribuição de peso”, disse o proprietário Theo Gaffert. “A Scania era a única fabricante que poderia entregar o caminhão diretamente da linha de montagem. A Scania também ofereceu o menor chassi do mercado e isso foi importante para nós”.


Gaffert destacou ainda as vantagens da consagrada linha de motores V8. “Quando descobri que o consumo de combustível do V8 de 520 cv era quase o mesmo que o de seis cilindros de 500 cv, foi uma decisão fácil.”


Apesar do espaço limitado, a estética do veículo não foi deixada de lado. O S 520 V8 recebeu as famosas buzinas marítimas, escapes verticais que foram posicionados entre a cabine e o guindaste, rodas de alumínio e componentes projetados pela própria Gaffert. "Com a configuração super curta, colocar todos os componentes no chassi foi um desafio. “Para obter o melhor resultado, nós mesmos projetamos alguns componentes, como o tanque de combustível feito sob medida e nossos próprios para-lamas.", destacou Theo Gaffert.



O modelo recém adquirido marcou ainda a celebração de 80 anos de atividades da empresa holandesa. "Quando encomendamos o caminhão, celebramos o aniversário de 80 anos da nossa empresa. O que poderia ser melhor que um V8? Também sabíamos que seria entregue durante o ano do jubileu da Scania V8.", concluiu Gaffert.


TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 

Postar um comentário

0 Comentários