Obras de pavimentação da BR-163/PA serão retomadas em maio

Divulgação/DNIT
Com o fim do período de chuvas na região norte do Brasil, as obras de pavimentação da BR-163 no estado do Pará serão retomadas em maio. Atualmente cerca de 50 quilômetros da rodovia federal seguem sem pavimentação. 
O cronograma de retomada das obras na região foi definido durante uma reunião de alinhamento realizada na tarde da última sexta-feira, 26 de abril, na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Na ocasião estiveram presentes o diretor-geral da Autarquia, general Santos Filho e representantes do Exército Brasileiro, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das associações brasileiras da Indústria de Óleos Vegetais (ABIOVE) e dos Produtores de Soja (APROSOJA).
De acordo com o DNIT, durante a reunião foi discutido ainda o início da construção de mais uma ponte de concreto em substituição às que ainda são de madeira na rodovia, entre a divisa do estado do Mato Grosso até a cidade de Itaituba, no Pará, parte também da BR-230/PA. A ponte Samurai, com 50 metros de extensão, recebe, nesse primeiro momento, a instalação da estaca raiz, responsável pela parte das fundações. A previsão de entrega da obra é para agosto. A próxima ponte a ser construída será a de Itapacurazinho, com 100 metros de extensão. O prazo para a conclusão é setembro.
Ainda segundo o órgão federal, durante as obras de pavimentação as equipes as equipes do DNIT, Ministério da Infraestrutura, Exército Brasileiro e da PRF seguirão atuando na região de forma coordenada para garantir a trafegabilidade na BR-163/PA. A previsão de que os serviços de pavimentação da rodovia sejam concluídos no fim do ano. 


Privatização da BR-163
O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou no fim de janeiro que após a conclusão da pavimentação da BR-163 no norte do país, a rodovia federal será concedida a iniciativa privada.

LEIA: Governo Bolsonaro asfaltará BR-163 até Miritituba e depois concederá rodovia

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários