Nova família Delivery supera 15 mil unidades produzidas e avança 60% nas vendas

A nova família Delivery acaba de superar 15 mil unidades produzidas no complexo de produção e desenvolvimento da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ). O marco foi alcançado pouco mais de um ano desde o início das vendas de seus primeiros modelos.
“A linha de produtos combinou a receita de sucesso da primeira família Delivery e da experiência dos clientes das mais de 100 mil unidades produzidas à inovação. Ouvimos as necessidades dos clientes e também o que eles esperam sobre a mobilidade do futuro”, celebra Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.
O resultado é bastante positivo: com uma gama de 3,5 até 13 toneladas, os caminhões Delivery avançaram 60% em vendas no primeiro bimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2018, um salto de 1.125 para 1.797 unidades neste início de ano.
Toda a família Delivery destaca-se nessa alta de vendas: o sucesso já começa com o leve Delivery Express, que marca o ingresso da VW Caminhões no segmento de 3,5 toneladas e permite que todo motorista com habilitação B possa guiar o caminhão. Entre os médios está o Delivery 11.180, que se tornou o mais novo ícone do segmento e caiu como uma luva para todas as empresas que precisavam de um veículo compacto de alta capacidade de carga.
“Em razão da retomada gradativa de consumo, associada à maior necessidade de distribuição urbana, os grandes e pequenos frotistas identificaram a alta na demanda, recuperaram a confiança e têm ido às compras”, observa Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da VW Caminhões e Ônibus.
Os caminhões VW Delivery são também sucesso na América Latina: Delivery 9.170 e 11.180 lideraram os embarques da Volkswagen aos seus principais destinos em 2018, com vendas no México, Argentina, Chile, Uruguai e, mais recentemente, Peru, Paraguai e Colômbia.
A nova plataforma mundial de caminhões leves Volkswagen contou com investimento de mais de R$ 1 bilhão e foi projetada, desenvolvida e testada na América Latina, seguindo padrões mundiais de certificação e qualidade.  O novo Delivery é sinônimo de salto tecnológico também em seu processo de fabricação. O investimento nessa modernização corresponde a cerca de R$ 190 milhões, ou 20% do montante total aplicado no projeto.
FONTE: MAN Latin América 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário