AMAGGI abre 17 vagas para motoristas carreteiros

A AMAGGI, uma das maiores empresas brasileiras do agronegócio e que atua a mais de 40 anos nas áreas de agricultura, logística e operações, commodities e energia, no Brasil e exterior, abriu um novo processo seletivo para a contratação de 17 motoristas carreteiros em Vilhena, Rondônia. As informações foram divulgadas pela própria empresa em seu site oficial. 
Para concorrer a uma das vagas os candidatos devem atender os seguintes requisitos, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria E, ensino fundamental completo, experiência comprovada no transporte de grãos, curso de direção defensiva, conhecimento em leis de trânsito e residir em Vilhena, Rondônia
De acordo com a empresa, os profissionais contratados irão trabalhar com rodotrens graneleiros de 25 metros e terão como benefícios, assistência médica e odontológica nacional, seguro de vida em grupo, vale alimentação, programa de participação nos resultados e previdência privada.
Os motoristas interessados em participar do processo seletivo e que atendem os requisitos devem se candidatar no site oficial da empresa através da aba TRABALHE NA AMAGGI, clicando em "CONSULTE AS VAGAS DISPONÍVEIS". 
Atualmente a rede logística da AMAGGI combina transporte rodoviário, fluvial e ferroviário. Toda essa estrutura está em total conexão com as plataformas de negócios da AMAGGI, permitindo que a companhia transporte seu produto de forma mais eficiente e com o menor impacto possível ao meio ambiente. 

Aquisição de frota própria 
Recentemente a AMAGGI fechou a compra de 300 novos caminhões da nova geração Scania. Os modelos R 500 6x4 serão combinados com implementos rodotrens graneleiros de 25 metros, com capacidade para transportar até 49,5 toneladas de grãos cada um. 

As primeiras unidades começaram a ser entregues neste mês de fevereiro.

LEIA: AMAGGI compra lote de 300 caminhões da Nova Geração Scania

TEXTO: Lucas Duarte

Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário