Faixas decorativas voltam a conquistar os caminhoneiros brasileiros

Sucesso entre os caminhoneiros principalmente nas décadas de 80 e 90, as faixas decorativas deixaram sua marca na história da personalização de caminhões no Brasil e na memória de caminhoneiros e de entusiastas do segmento de transporte. 

E quando se fala em faixas decorativas é inevitável se lembrar de modelos icônicos das marcas Scania, Volvo e Mercedes-Benz. No caso da montadora sueca, Scania, os modelos 112H e 112HW com faixas em linha por toda a lateral da cabine e 113H com as clássicas faixas lilás, roxa e rosa são os principais destaques. Já a sua principal concorrente, a Volvo, teve como destaque os modelos da linha EDC com faixas duplas disponibilizadas nas cores verde, vermelha, roxa, azul e até preto e dourado na versão Gold. Já nos modelos fabricados pela Mercedes-Benz, as faixas decorativas se destacavam principalmente nos modelos derivados do icônico 1113 e nos clássicos 1634, 1935 e 1938 com faixas em três tons de azul. 

Agora, cerca de 30 anos depois, as faixas decorativas voltaram a ser sucesso nas estradas brasileiras, mas com novo design e em modelos mais recentes. Confira a trajetória: 

2013: A linha Scania Streamline estreou no mercado brasileiro trazendo faixas laterais na cor cinza. Também naquele ano a Scania relembrou as icônicas faixas em seu estande durante a Fenatran, através dos modelos P 360, G 440 e R 620.
2017: As faixas ganharam força no país após a apresentação das séries especiais Scania 113H e Volvo Performance Edition, além da volta do item como opcional para os modelos da linha Axor, produzidos Mercedes-Benz. Todos os três modelos também foram destaque na Fenatran daquele ano. 



2018/2019: A volta desta novidade não se restringe apenas as séries especiais e limitadas. A criatividade dos caminhoneiros brasileiros quando o assunto é customização fez com que kits de faixas voltassem ser comercializados em todo o país, alguns semelhantes as recentes séries especiais 113H e Performance Edition e outros que reproduzem faixas icônicas, como por exemplo, dos modelos Mercedes-Benz 1935 e Volvo EDC Gold. 

O sucesso faixas decorativas Scania é confirmado pelos modelos recém adquiridos pela M.Hermes Transportes, dentre eles o último das linhas PGR produzido no Brasil e no Mundo. O Scania R 450 na cor branca recebeu as faixas nas cores lilás, roxa e rosa. 
Já os modelos Volvo produzidos e comercializados anteriormente a série Performance Edition também passaram a receber kits de faixas semelhantes às da série especial e se tornaram um grande sucesso nas estradas brasileiras e nas redes sociais. 
Mas o grande destaque fica por conta da volta duas faixas decorativas clássicas , as que remetem a linha EDC Gold e as que relembram o modelo 1935. A primeira é resultado de um trabalho de design feito pela empresa paulista, Muca Jones Design & Paint e que recebeu o nome de Volvo FH série EDC. 
Já o segundo trabalho surgiu nas redes sociais e se trata de um Mercedes-Benz Axor 2040, o modelo recebeu na parte lateral da cabine as icônicas faixas em três tons de azul que fizeram parte do modelo 1935. 
Agora é com você: O que você acha da volta das faixas decorativas? Responda nos comentários.

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Os clássicos nunca morrem, eles se atualizam. Muito bacana a volta das faixas decorativas. Excelente texto.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.