Penske recebe primeiro Freightliner eM2 totalmente elétrico

A Freightliner Trucks, representante do grupo Daimler Trucks no mercado norte-americano, entregou na última semana a primeira unidade de seu caminhão 100% elétrico, o Freightliner eM2. O modelo foi entregue a Penske Truck Leasing Corporation em Los Angeles. 

Com autonomia de até 230 milhas e ideal para operações de a 6 a 12 toneladas, o Freightliner eM2 será empregado pela Penske em operações de distribuição no noroeste do Pacífico e no estado da Califórnia, localizado na costa oeste dos Estados Unidos. 

"A Penske está honrada em ser a primeira empresa a colocar em operação este novo caminhão elétrico médio", disse Brian Hard, presidente e diretor executivo da Penske Truck Leasing. “Recomendo e agradeço a Roger Nielsen e sua equipe da Daimler Trucks North America por sua excelente colaboração e espírito de co-criação conosco ao longo dos últimos nove meses para levar esta tecnologia inovadora ao mercado. A Penske está empenhada em fornecer as tecnologias de veículos mais eficazes para os nossos clientes e impulsionar a inovação e a sustentabilidade quando se trata de mobilidade.”


“Nosso objetivo é sermos pioneiros com caminhões elétricos, assim como estamos com caminhões convencionais - e cumprimos esse objetivo mais uma vez: com a entrega da Freightliner eM2 para a Penske Truck Leasing Corporation, testamos agora caminhões elétricos em todos os segmentos operações do dia a dia com nossos clientes em todo o mundo. Quando se trata de inovações, as demandas de nossos clientes são essenciais para nós. Juntos, desenvolvemos soluções para o futuro dos caminhões”, enfatiza Martin Daum, membro da diretoria da Daimler responsável por caminhões e ônibus.

A parceria entre a Penske Truck Leasing e a Freightliner (Daimler Trucks) não param por aí. Ao longo de 2019, a empresa receberá um total de 20 caminhões Freightliner totalmente elétricos: dez eM2 de serviço médio e dez eCascadia para transporte pesado. Já a produção em série dos modelos está prevista para começar a partir de 2021.

TEXTO: Lucas Duarte 

Postar um comentário

0 Comentários