Scania destacará a versatilidade de caminhões híbridos no IAA 2018

Presente no 67º IAA Commercial Vehicles em Hannover, que acontecerá entre os dias 20 a 27 de setembro, a Scania destacará em seu stand a versatilidade dos caminhões híbridos em aplicações urbanas, como por exemplo, nos segmentos de distribuição e construção.
De acordo com a montadora sueca, durante o evento serão apresentados dois modelos baseados na nova geração de caminhões, o híbrido elétrico (HEV) e o híbrido elétrico plug-in (PHEV), ambos combinando motores a combustão e tecnologias elétricas.  
Equipados com o motor DC09, de cinco cilindros em linha, os novos caminhões híbridos da Scania podem ser abastecidos com diesel ou HVO (Hydrotreated Vegetabel Oil), também conhecido como biodiesel. A motorização Scania ainda trabalha em paralelo com um motor elétrico que gera 130 kW (177 hp) de potência e 1.050 Nm.
"Os híbridos são de última geração em termos de economia operacional total, tempo de atividade e sustentabilidade das operações de caminhões urbanos atuais", destaca Maria Johansson, diretora de produtos urbanos da Scania. “Combinado com o HVO, trará reduções de CO 2 de até 92%, ao mesmo tempo em que oferece produtividade excepcional nas áreas urbanas em constante expansão, onde os operadores de caminhões enfrentam desafios como questões de segurança, demandas ambientais e ruas congestionadas.” 
As novidades dos modelos híbridos Scania não se restringem apenas a combinação dos tradicionais motores a combustão com tecnologias elétricas. “Incluímos uma nova opção de aumento de potência nesses caminhões, por exemplo. Se o motorista fizer um kick-down, a máquina elétrica oferecerá um aumento de potência de 50 kW ou cerca de 250 Nm, desde que a bateria esteja suficientemente carregada. Se o motorista escolher o modo Performance, um acréscimo extra de 20 kW ou 150 Nm é sempre adicionado durante a aceleração, mesmo se a função kick-down não estiver ativa.”, completa Johansson.
Outro grande destaque é a presença de uma tomada de força elétrica, mecanismo extremamente comum e essencial em aplicações urbanas. De acordo com a montadora nos modelos híbridos o sistema garantirá uma operação silenciosa, fator essencial especialmente em operações noturnas. “Para utilizar todo o potencial do caminhão, soluções de caminhões urbanos como esses precisam ter um conjunto completo de recursos, como uma funcionalidade de modo elétrico que garante que o caminhão permaneça em silêncio e a possibilidade de operar recursos hidráulicos como um guindaste sem ruídos". 
A versatilidade dos modelos híbridos Scania é reforçada graças a ampla variedade de opções de configuração. Seguindo o sistema modular da marca, os novos híbridos Scania poderão ser configurados com cabines L, P ou G, chassi rígido ou cavalo mecânico, ampla variedade de opções de eixo, além de três diferentes potências para o motor DC09, 280, 320 ou 360 cv.
Ideais para operações com até 26 toneladas, os modelos híbridos poderão ser encomendados no mercado europeu a partir de novembro de 2018 com o híbrido elétrico (HEV). Posteriormente, em 2019, o híbrido elétrico plug-in (PHEV) estará disponível. 

Scania Zone
Atrelado ao lançamento dos caminhões híbridos, a montadora ainda destacará em seu stand, o Scania Zone, ferramenta baseada na conectividade que permite uma ampla configuração do veículo de acordo com a área de operação, como por exemplo, velocidade máxima, níveis de ruído e emissões. 
“O Scania Zone oferece suporte aos motoristas, facilitando a conformidade com as regulamentações de trânsito ou com as zonas ambientais locais. O Scania Zone oferece ajustes ou sugestões baseados em posição em zonas pré-definidas em tempo real para o veículo, ajudando o motorista a cumprir as regras.”, finaliza Johansson. 
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário