Espanha adquire 14 caminhões Scania para combate de incêndio em aeroportos

A AENA, autoridade dos aeroportos espanhóis, adquiriu recentemente 14 novos caminhões Scania P 490 6x6 para combate a incêndios e atendimento de emergências nos principais aeroportos do país.
Equipados com um motor Scania de 13 litros, os modelos são capazes de acelerar de 0 a 80 km por hora em menos de 35 segundos quando carregados, além disso todas as unidades possuem uma velocidade máxima de 100 km por hora.
Para garantir uma capacidade de combate a incêndios impressionante, cada modelo conta com um tanque de água de 6.100 litros, um tanque de espuma com uma capacidade de armazenamento de 750 litros e um depósito de pó químico de 225 quilos. Sobre a cabine cada unidade conta com um canhão de água capaz de fornecer um jato variável para pulverização de água e espuma, a uma distância de mais de 65 metros. Já o canhão dianteiro secundário sob o para-brisas tem um alcance de 40 metros.
Do total de caminhões adquiridos, nove receberam superestruturas construídas pela Iturri, enquanto os outros cinco foram implementados pela Rosenbauer. 
Segundo o Eurostat, a Espanha teve o terceiro maior volume de tráfego aeroportuário em 2017 (depois do Reino Unido e da Alemanha), com quase 250 milhões de passageiros. E para a AENA, que conta com 46 aeroportos e dois heliportos em sua rede nacional, os modelos Scania P 490 6 × 6 estão perfeitamente preparados para combater incêndios e lidar com outras emergências em aeroportos com segurança e rapidez.
TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário