DAF, Kenworth e Peterbilt investem em veículos com conjunto propulsor alternativo

A DAF, Kenworth e Peterbilt são líderes no desenvolvimento de veículos elétricos a bateria, células de combustível a hidrogênio e veículos híbridos. A PACCAR está testando ativamente esses conjuntos propulsores na América do Norte e na Europa.

Caminhão Elétrico CF da DAF
A DAF desenvolveu o caminhão DAF CF Electric para aplicações em distribuição de até 40 toneladas em áreas urbanas. O veículo totalmente elétrico inclui motor elétrico de 285 cavalos de potência alimentado por bateria de íons de lítio de 170 kWh. “A DAF tem excelente histórico no desenvolvimento de soluções de transporte inovadoras para atender às crescentes necessidades dos clientes”, observou Ron Borsboom, Engenheiro-Chefe da DAF. “O caminhão DAF CF Electric foi projetado para aplicações de distribuição de alto volume, nas quais os clientes desejam emissões zero e ruído ultra baixo.”
Transportador de Cargas Zero Emissões Kenworth T680
O Transportador de Carga Zero Emissões T680 da Kenworth (ZECT) e os caminhões HECT (Hybrid Electric Cargo Transport (Transportador de Carga Híbrido Elétrico) estarão em testes de campo este ano nos portos de Los Angeles e Long Beach. O ZECT usa uma célula de combustível de hidrogênio que combina gás hidrogênio e ar para produzir eletricidade. O HECT incorpora um sistema de propulsão híbrido paralelo que utiliza um motor a gás natural comprimido e baterias de íons de lítio.

Caminhão de Coleta de Lixo Elétrico Modelo 520 da Peterbilt
O Peterbilt Model 520 é líder no segmento de caminhões com cabine baixa avançada, tendo 32% de participação no mercado até maio de 2018. A Peterbilt projetou o Modelo 520 elétrico equipado com sistema de acionamento elétrico de 400 cavalos, 350 kWh de armazenamento de energia e frenagem regenerativa. O alcance de 80 milhas do caminhão e sua operação silenciosa são uma excelente solução para operações de coleta de lixo em bairros residenciais.
FONTE: Paccar 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário