Caminhoneiros transportando bebidas evitam suicídio de homem oferecendo-lhe uma cerveja

Na última semana mais um tentativa de suicídio foi evitada nos Estados Unidos graças a ajuda de caminhoneiros. Em abril um outro caso já havia sido evitado após um grupo de motoristas estacionarem seus veículos embaixo de um viaduto.

LEIA: Caminhoneiros se unem e evitam suicídio nos Estados Unidos 

O caso mais recente aconteceu nas proximidades da cidade de St. Paul, no estado de Minnesota. Os caminhoneiros Jason Gabel e Kwame Anderson que seguiam carregados de bebidas pela rodovia I-94 decidiram mudar o trajeto habitual, ao acessarem a ponte Earl Street se depararam com um homem fora das grades de proteção e com a intensão de se jogar. 
Em entrevista ao Kare 11 News, os motoristas contaram que pararam imediatamente e passaram a conversar com o homem. Ao pergunta-lo se estava tudo bem, receberam a seguinte resposta, “Eu vou cometer suicídio. Me vejam voar ”.
Ao entrarem em contato com o serviço de emergência receberam a orientação de esperarem a chegada dos mesmos, entretanto Anderson teve uma ideia melhor. "Comecei a pensar nos filmes Denzel Washington, onde ele tem que negociar", revelou o motorista.
“Eu estava pensando, em como conseguir construir um relacionamento e atender todas as suas demandas. Mas primeiro eu consegui conhecê-lo, então eu perguntei o nome dele e de onde ele era... Eu perguntei se ele queria alguma comida. Como posso te ajudar? Você quer algo para comer? Ele disse não.' Eu disse: 'Você precisa de algum dinheiro?' Eu tenho na minha carteira. Ele disse: 'Eu não preciso de dinheiro. Eu não sou um mendigo '”.
Diante das respostas obtidas, Anderson decidiu oferecer-lhe uma bebida e recebeu como resposta um "talvez".  “Corri para o caminhão e peguei uma caixa de Coors Light. Voltei com um pacote de 12 e comecei a falar com ele novamente. Eu disse, 'se você descer dessa borda, esse pacote inteiro é seu'".
Após a oferta inusitada, os oficiais do serviço de emergência conseguiram retirar o homem da borda da ponte com ajuda do caminhoneiro e de sua oferta inusitada de cerveja. 
Ao final da entrevista, os caminhoneiros revelaram que não sabiam porque tinham alterado a rota. “Temos uma rota que fazemos toda quarta-feira e não era assim que eu costumava ir. Não fazia parte do plano, mas era o plano de Deus. ”, destacou Anderson. "Cerveja salva vidas", finalizou. 
Caminhoneiros Jason Gabel e Kwame Anderson 
TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário