Alemanha proibirá o uso de rádios PX em caminhões a partir de 2020

A partir de 1º julho de 2020, caminhoneiros que circularem pelas rodovias alemãs estarão proibidos de utilizar os tradicionais rádios CB, conhecidos no Brasil como rádio PX. A decisão faz parte de um conjunto de medidas que visam aumentar a segurança no trânsito e a atenção dos condutores enquanto dirigem. 
Além da restrição de uso no momento da condução, a medida anunciada pela segunda câmara do parlamento alemão (Bundesrat) estabelece ainda multas que variam de 100 a 200 euros para os motoristas que forem flagrados descumprindo a determinação. Em caso de acidentes ou danos a propriedades provocados pelo uso do rádio CB (PX) durante a direção, o caminhoneiro ainda terá as permissões de direção suspensas por um mês.  
A recente decisão do governo alemão provocou reações imediatas em diferentes categorias do setor de transportes, como por exemplo, de entidades do setor, fabricantes de rádios CB e também de diversos caminhoneiros. As reações incluíram um apelo ao então Ministro dos Transportes, Alexander Dobrindt, para que mudasse a Lei de Trânsito Rodoviário.
De acordo com a determinação do governo alemão, os rádios CB só poderão se utilizados se possuírem dispositivos que dispensem o uso das mãos e a retirada dos olhos da estrada durante a condução, como por exemplo um sistema de microfones e alto-falantes. Entretanto, atualmente não existem no mercado soluções deste tipo para os tradicionais rádios CB (PX).
Além disso, as empresas alegam ainda que não há tempo suficiente para o desenvolvimento de dispositivos que atendam a nova legislação, o que pode resultar na extinção dos tradicionais rádios CB (PX) no transporte rodoviário de cargas. 
Já pensou se essa lei chega ao Brasil?
Apesar da crescente conectividade entre os caminhoneiros brasileiros e uso de aplicativos de troca de mensagens, que inclusive permitem chamadas de vídeo e de voz, os rádios PX seguem sendo uma importante ferramenta no dia a dia dos motoristas profissionais no Brasil. 
Atualmente a legislação brasileira não proíbe o uso de rádios PX, mas determina um cadastro e autorização emitida pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Caso esse cadastro não seja feito, corre-se o risco de ter o equipamento apreendido pela PRF e pela Anatel, em fiscalizações e abordagens que ocorrem frequentemente nas estradas de todo o país. 

LEIA: Rádio PX: O que diz a lei? 

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário