Cargosoft investirá R$ 6 milhões na ampliação da frota em 2018

Com o objetivo de cumprir ampliar a capacidade produtiva e cumprir com a política da empresa que estabelece uma frota com idade média de cinco anos de uso, a Cargosoft relevou recentemente um investimento total de R$ 6 milhões em renovação e ampliação da frota ao longo de 2018. 
Deste montante, R$ 3,9 milhões já foram aplicados entre os meses de maio e junho e garantiram a empresa a aquisição de dez caminhões e dez implementos rodoviários. São eles, cinco caminhões Volkswagen Constellation 19.420 com semirreboques baú Randon, dois cavalos mecânicos Mercedes-Benz 2041 com semirreboques frigoríficos Fachinni e três Mercedes-Benz 2426 com carrocerias frigoríficas Frigobrás. 
Em conversa com o portal Tecnologística, o diretor Administrativo da Cargosoft, Adilson Vienscoski, revelou que os modelos frigoríficos serão empregados no segmento de de healthcare and beauty, já os baús atuarão na movimentação de cargas em diferentes mercados que Cargosoft opera atualmente. 
“A aquisição dos veículos faz parte de um plano de expansão da frota, que somados aos outros, totalizarão em torno de 110 veículos em nossa frota própria, distribuídos entre caminhões ¾, caminhões tocos, caminhões trucks e conjuntos cavalo mecânico-carretas”, destaca o empresário. 
Vienscoski revelou ainda uma expectativa de crescimento de 15% a 20% do faturamento após o emprego dos modelos em segmentos específicos do transporte rodoviário de cargas em que a empresa atua. “A Cargosoft está migrando de transportadora para uma operadora logística e isso possibilita a empresa oferecer outros serviços logísticos, como armazenagem, controle de estoque, transporte em condições especiais de temperatura, gerenciamento de risco e logística reversa”, revela.
Segundo a Cargosoft, o processo de renovação e ampliação da frota continuará sendo executado no segundo semestre deste ano, quando serão investidos mais R$ 2 milhões na aquisição de novos veículos, totalizando cerca de R$ 6 milhões em investimentos ao longo de todo o ano de 2018. 
TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Tecnologística
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário