Mercedes-Benz anuncia entrega das primeiras unidades do eActros

Em 2016, a Mercedes-Benz Trucks tornou-se a primeira fabricante no mundo a desenvolver e produzir um caminhão elétrico pesado. Agora em 2018, a montadora alemã está prestes a confirmar novamente este pioneirismo.
Nesta quarta-feira (21), a Mercedes-Benz anunciou a entrega das dez primeiras unidades do eActros a clientes no mercado europeu. Com variações de 18 a 25 toneladas, os modelos serão entregues nas próximas semanas e submetidos a testes de viabilidade diária e eficiência econômica em condições reais de operação. 
"A Daimler Trucks é sinônimo de liderança em inovação, aliada a uma atitude realista e pragmática. Isso é particularmente verdade quando se trata de mobilidade elétrica. Agora queremos trabalhar em conjunto com nossos clientes para avançar rapidamente no desenvolvimento do eActros Mercedes-Benz até o ponto em que sua aplicação se torne viável em operações cotidianas difíceis, técnicas e comerciais. Estamos iniciando esse processo criando uma frota de inovação e apoiando testes no ambiente de logística do dia a dia de nossos clientes. Isso permitirá estabelecer exatamente o que resta ser feito, em termos de questões técnicas, infra-estrutura e serviços, para tornar a Mercedes-Benz eActros competitivo", explica Martin Daum, membro do Conselho da Daimler AG, responsável pela Daimler Trucks and Buses.
Segundo a montadora inicialmente as versões do eActros com dois e três eixos serão empregados no transporte de mercadorias em grandes centros urbanos e nos serviços de coleta e entrega. Os testes ocorrerão por 12 meses com um grupo de clientes, após este período um novo grupo receberá os modelos por mais 12 meses. 
Para garantir o máximo de eficiência nos testes em diferentes operações, os modelos serão disponibilizados com três tipos de carrocerias: Baú refrigerado, tanque de combustível ou baú lonado (sider) além disso, todos os motoristas receberão um treinamento específico para trabalharem com o eActros. 
Equipado com duas baterias de íons de lítio  com potência de 240 kWh e armazenadas em 11 pacotes, o eActros possui autonomia para até 200 km. Segundo a Mercedes-Benz,  as baterias de alta tensão não fornecem apenas energia ao sistema de acionamento, mas ao veículo como um todo. Além disso, as baterias descarregadas podem ser recarregadas completamente dentro de três a onze horas, assumindo uma capacidade de carregamento realista de 20 a 80 kW a partir de um dispositivo de carregamento móvel em um depósito de frota.
O desenvolvimento e teste dos caminhões elétricos pesados ​​no transporte e distribuição faz parte do projeto "Concept ELV²", que é financiado em diferentes níveis pelo Ministério Federal do Meio Ambiente (BMUB) e pelo Ministério Federal da Economia e Energia (BMWi ), ao todo cerca de dez milhões de euros foram revertidos ao projeto.
A expectativa da Mercedes-Benz é de que os testes se estendam até 2020, tendo como objetivo estabelecer os requisitos de energia para uma série de aplicações específicas, bem como a eficiência econômica dos caminhões elétricos e seu desempenho ambiental em relação aos caminhões diesel em uma avaliação completa do ciclo de vida. 

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário