55 mil motoristas serão qualificados e certificados pelo Sest Senat até 2020

A partir da premissa de que a educação tem papel fundamental na formação de cidadãos comprometidos com uma sociedade sustentável, o SEST SENAT deu início ao Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética, promovido pela instituição, em parceria com a CNT (Confederação Nacional do Transporte) e o ITL (Instituto de Transporte e Logística). O programa é fruto do acordo internacional de cooperação técnica firmado em 2017 com o NRCan (Natural Resources Canada - Ministério dos Recursos Naturais do Canadá) e o ICCT (International Council on Clean Transportation - Conselho Internacional de Transporte Limpo). Entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano, cerca de 400 alunos participaram das turmas-piloto.
O programa prevê a formação nas áreas de condução econômica, gestão de combustível e gestão de frotas. A meta é treinar 55 mil profissionais, entre motoristas de caminhão, motoristas de ônibus, gestores de frotas e transportadores autônomos, até 2020. “Temos muito orgulho de ser a primeira instituição do país a certificar com selo internacional os profissionais participantes dos cursos relacionados à eficiência energética nas nossas unidades. As aulas são extremamente dinâmicas e foram pensadas para garantir que os condutores, além de dirigirem de forma econômica, também atuem como agentes de preservação do meio ambiente”, destaca a diretora-executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart.
Essa é mais uma ação ambiental da instituição, que já atua por meio do Despoluir – Programa Ambiental do Transporte, que, há uma década, incentiva os transportadores a adotarem práticas sustentáveis para reduzir o impacto da atividade transportadora no meio ambiente. O Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética oferece os cursos Motoristas de Transporte de Cargas – SmartDrive, Motoristas de Transporte de Passageiros – SmartDrive, ambos presenciais e com carga horária de 12 horas, e o curso a distância Gestão de Combustível – Fuel Management, com 8 horas.
Além disso, o SEST SENAT trabalha na finalização de um aplicativo para smartphones voltado aos alunos. A ideia é que os motoristas consigam acompanhar o desempenho dos veículos eletronicamente e obtenham dados, como o consumo de combustível e o gasto mensal de diesel. Para auxiliar os profissionais no manuseio desse aplicativo, a instituição também oferece um curso de inclusão digital, com 4 horas de duração.
Os treinamentos estarão disponíveis em 101 unidades operacionais do SEST SENAT onde também são desenvolvidos os projetos Simulador Híbrido de Direção e Escola de Motoristas, transversais ao de eficiência energética, uma vez que disponibilizam os equipamentos para as aulas práticas.
Todos os conteúdos programáticos foram desenvolvidos a partir da técnica canadense de ensino e trazem metodologias e dinâmicas para atrair a atenção dos alunos, como vídeos com erros de condução para que os motoristas percebam como não devem dirigir, jogos de cartas e uma espécie de quiz com perguntas e respostas sobre os temas abordados em sala de aula, em que ganha quem for mais rápido na resposta. Outro diferencial é a dinâmica do globo terrestre, na qual os alunos fazem um compromisso de mudar hábitos e atuar com consciência ambiental no desempenho de suas atividades diárias. 
FONTE: CNT 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário