O novo Mercedes-Benz Actros em detalhes

Ontem divulgamos aqui no Blog Caminhões e Carretas uma foto da nova linha Actros que será produzida no Brasil. Antes da divulgação, haviam muitas especulações de quando e como seriam os novos modelos Actros da Mercedes-Benz. Acreditava-se que o modelo comercializado viria para o mercado brasileiro somente em 2017. Mas ontem uma surpresa, a próxima geração Actros do Brasil é totalmente diferente do que se imaginava. 

LEIA: REVELADO: O novo Mercedes-Benz Actros brasileiro 

Hoje o Blog Caminhões e Carretas recebeu novamente com exclusividade mais fotos e a ficha técnica da nova linha Actros. Ao todo são três novas fotos, uma que você viu acima e mais duas que você pode conferir logo abaixo. Essas novas fotos confirmam que além das alterações estéticas um novo modelo com nova motorização será incluída na família Actros, trata-se do novo Actros 2651, equipado com um motor de 510 cv. A partir das fotos é possível notar também que a parte lateral dos novos modelos sofreu poucas alterações se comparado aos modelos que são comercializados atualmente. 
Segundo detalhes técnicos recebidos, o Actros 2651 das fotos acima é um 6x4, com distância entre eixos de 3300 MM, equipado com suspensão ar nos eixos traseiros. 

Com relação aos itens de segurança destaca-se, o sistema de freios com ABS e ASR-INTELIGENTE, semelhante ao sistema que equipa os modelos vendidos atualmente. Diversos sensores como por exemplo de chuva e de farol alto automáticos garantem ainda mais segurança ao novo Actros. 
Já no quesito conforto, os novos Actros também não deixam a desejar, equipados com sistema de som, ar-condicionado, vidros elétricos, assento do motorista com regulagem, suspensão pneumática na cabine que reduz trepidações e impactos devido a imperfeições no solo, revestimentos anti ruido, quebra-sol na janela lateral ao lado do motorista e a caixa automatizada MB G-330 Powershift de 12 velocidades, garantem ao condutor o máximo de conforto durante as viagens. 
A nova família Actros já saem de fábrica com índice de nacionalização superior a 60%, atendendo assim todas as condições e exigências para financiamento dos modelos através do Finame/BNDES.
E segundo as últimas informações o lançamento do novo Actros e de outras novidades da Mercedes-Benz podem ocorrer já no próximo mês. 

FOTOS: Desconhecido
TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

21 Comentários

  1. fico horrivel na minha opiniao

    ResponderExcluir
  2. Jura que tiraram a cara de mau dele? fala serio em!

    ResponderExcluir
  3. O caminhão passou apenas por uma reestilização já que a cabine é a mesma da geração do atual 2646 que roda no Brasil desde 2010. Pra mim o maior pecado aí está no conjunto dos faróis que nada tem a ver com o estilo e design de um caminhão premium, mas isso é questão de gosto. Mas e o interior da cabine, como ficou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o modelo da foto fosse prata , preto ou dourado com a grade pintada com a mesma cor da cabine e com rodas de alumínio eu tenho certeza que os comentários seria diferentes.

      Excluir
    2. Achei que com este farol ficou muito mais racional... já tiveram que fazer manutenção no farol de vidro? ou trocá-lo? É uma fortuna! Se quebra só a seta, precisa trocar todo o farol. Tenho um Atego e além dos faróis serem de policarbonato (muito mais resistentes), sendo modular, não preciso gastar horrores para trocar-lo inteiro... apenas o modulo que danificou.

      Excluir
  4. nao pode ser . cade o design europeu ? ta parecendo caminhao chines .......

    ResponderExcluir
  5. Criaram um Actros para o Brasil, pois há boas diferenças:
    - a grade frontal tem desenho diferente e não é pintada;
    - o retrovisor não é pintado e é um pouco diferente;
    - conjunto de farol frontal com formato distinto e mais simples;
    - o corte lateral da cabine é diferente até para se alinhar ao desenho frontal, bem como acesso/degraus;
    - o spoiler superior, acima do para-brisa, é pintado e tem luzes.
    - a posição da antena é diferente.

    ResponderExcluir
  6. A Mercedes Benz aqui no Brasil não tem caminhão extrapesado para competir com os demais como, DAF VOLVO SCANIA.

    ResponderExcluir
  7. José Ricardo18 setembro, 2015

    Não falaram do motor, e não gostei dos faróis.

    ResponderExcluir
  8. E o motor como ficou? É aquele Detroit Diesel americano da Freightliner de 13 litros?

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. A Mercedes com cara de sinotruck A7 lamentável fazer um lançamento que não vai cair no gosto dos brasileiros, sem contar a DAF que trouxe como lançamento um caminhão que saiu de linha para o Brasil, porque não fabricam logo o FNM então???

    ResponderExcluir
  12. O new actros europeu e um caminhão inteiramente novo não apenas uma cabine nova sobre um chassi antigo e alem disso só atende a nORMA EURO 6 que não tem nem dada para entrar EM VIGOR NO BRASIL, então o lançamento dele no BRASIL depende de um completa reformulação da fabrica ,novos maquinarios , fornecedores terão que se atualizar,,etc.. e estas coisas não se fazem da noite pro dia e importa-lo na atual conjuntura do pais e cotação do dolar se tornaria completamente inviável, o preço dele final seria proibitivo , por isso a mercedes decidir reformular o modelo atual com novidade mecanicas ( provavelmente O Motor sera o om 460 de 13 litros) e estéticas , alem do mais a cabine do modelo atual atende muito bem o mercado e e uma das mais confortareis e espaçosas do mercado e se as mudanças mecânicas surtirão o efeito desejado pela montadora como consumo competitivo, mais torque em baixas rotaçoes ( isto só vale para o v6) eu acredito que o modelo será bem aceito, porque no resto o Actros não compromete

    ResponderExcluir
  13. Poderiam ter mudado apenas a grade dianteira mantendo os faróis atuais, ou apenas melhorando o desenho do farol atua. Esse ficou feio, como disseram nos comentários anteriores, esta parecendo caminhão chinez.

    ResponderExcluir
  14. A moda de caminhões Mercedes Benz exclusivos para o Brasil pelo visto irá voltar. Quem não se lembra dos 1938S e 1944S que eram exclusivos daqui?

    ResponderExcluir
  15. parabens para a volvo que tem os mesmo modelo europeu rodando no brasil ate o xl sem choro, ate a scania ate hoje nao lanco a cabine top line no brasil que existe desde de 1996 no lacamento do serie 4 na europa , a mercedes simplifico o actros antigo mais o preco eu garanto que nao abaixo , o brasil e o pais que td q faz cola eles gosta disso , eles so ganhao, caminhões Mercedes Benz exclulixos para o Brasil , ate o mercedes antos e bem melhor que essa carroca com cara de caminhao chineis

    ResponderExcluir
  16. Gente, pra quê caminhão com estilo e cara de europeu se os motoristas continuam sendo os desunidos e mau educados brasileiros, tudo tem à ver com o que temos: caminhões retrogrados para motoristas retrogrados!

    ResponderExcluir
  17. Gente, pra quê caminhão com estilo e cara de europeu se os motoristas continuam sendo os desunidos e mau educados brasileiros, tudo tem à ver com o que temos: caminhões retrogrados para motoristas retrogrados!

    ResponderExcluir
  18. Porque estes preconceitos com os chineses, não devemos considerar que a MBB busca oferecer caminhões com melhor custo beneficio, para que caminhões com cara europeia se estamos em um país latino onde o asfalto publico vive com buracos, pedaços de pneu, parafusos que constantemente quebra, fura ou descasca a frente dos mesmos. Frentes caras só torna os fretes piores ainda pois aumenta os gastos!

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.