Tem Scania no churrasco!

Ele é sucesso entre a família, os amigos, os clientes, a vizinhança, a cidade de Carambeí (PR) e com toda a região. Também pudera: não é em qualquer lugar que se encontra um Scania para preparar churrasco!
A ideia, como não poderia deixar de ser, saiu da mente criativa de mais um apaixonado por caminhões e fã da marca, Leendert Ferdinand Aardoom, dono da Transportadora TransArdo.  Mas ele não sabe precisar como nasceu o projeto. “Foi há 12 anos. Decidi que queria construir a churrasqueira na área da empresa e quando o pedreiro me perguntou como eu a queria, respondi  de primeira: “quero que seja uma carreta Scania saindo da parede”, resume.
A execução, no entanto, demorou dois anos, “mas não foi culpa do pedreiro”, esclarece o empresário.  “O trabalho mesmo foi conseguir todas as peças originais do caminhão, porque eu não queria nada de réplica. Comecei com a grade na qual foi projetada a boca da churrasqueira”, explica.
O projeto é todo em tamanho real e até mesmo os faróis acendem. “Tive o cuidado de fotografar um caminhão e ampliar a imagem para fazer o adesivo do para-brisa com o volante e painel com as mesmas dimensões do original”, conta orgulhoso.
Para conseguir peças, Leio contou com o apoio da Casa Scania Battistella e também da fábrica da Scania. “À época, me comprometi a fechar a compra de mais sete caminhões e, em contrapartida, eles me facilitariam a compra das peças.”
A conclusão da obra e inauguração da churrasqueira aconteceram em junho de 2002, reunindo toda a família Aardoom, em comemoração ao aniversário do pai de Leio, o também Leendert Ferdinand Aardoom — hoje falecido.
Depois de abertos “os trabalhos”, já foram inúmeros os eventos em torno da carreta-churrasqueira. “Fizemos festa com os funcionários, para o pessoal da fábrica da Scania e da Battistella, para os nossos clientes”, conta o empresário, afirmando que os próprios clientes costumam solicitar o espaço para promoverem encontros com os seus contatos.
Voltado majoritariamente para operações frigoríficas por todo o País, Leio Aardoom já tem metade da sua frota, de 120 veículos, composta por Scania, tendo a última compra sido realizada no final de 2014.  São veículos na  maioria R 400, R 420 e R 440 que rodam até 10 mil quilômetros por mês. “Meu pai comprou o primeiro consórcio Scania na década de 90 e, de lá pra cá, vamos aumentando gradativamente a participação da marca no nosso negócio, principalmente pelos resultados de economia de combustível”, ressalta o empresário.
Atravessando gerações
Renan e Leonardo Ardoom, filhos de Leio, decidiram começar um negócio próprio também no segmento de transportes e não tiveram dúvida: escolheram como primeiro carro da frota um Scania R 440, vendido pela casa Scania P.B Lopes de Ponta Grossa (PR), com financiamento pela Scania Banco.
“Não dá para citar um só diferencial, porque escolhemos Scania por um conjunto de fatores — da boa média com o caminhão pela facilidade de manutenção, ótimo valor de revenda, entre outros”, destaca Leonardo.
O empresário herdou do avô e do pai a paixão pela vida na estrada, e conta que, desde pequeno ajudava na troca de lâmpadas, adorava a oportunidade de bater marchas dos veículos estacionados no pátio e aproveitava seus finais de semana acompanhando os motoristas que iam para as fazendas coletar leite. Hoje, é ele quem vai para a estrada, enquanto o irmão e sócio Leonardo, cuida da parte administrativa do negócio. “Cheguei a ficar 82 dias viajando direto, e acho importante como empresário, conhecer as rotas, estradas postos”, destaca ele, que vai conhecendo pessoas, conquistando amigos e continua a aprender com o dia a dia a bordo do seu Scania.
FONTE: Scania 

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Bom dia sr léo.Precisaria q o senhor pudece me da um minutinho de sua atençao valiosa. estou precisando de sua ajuda e espero o q vou dizer chega em seu coraçao. vou ser breve;sai de mg á 29 anos com sonhos de criar minha familia com trabalho de suor de meu rosto e um acalento de um sonho de ter um dia um caminhoao mesmo q mesmo fosse caidinho. pois, bem depois de ajuntar meu dineirinho20 anos com graças DEUS consequir adqueri um 608DE ANO 85. Fiquei muito felis com conquista, pois estava realisando o q mais quis na minha vida, bo q durou pouco minha alegria, com tres meses veio um espirito sem luz e roubou meu sonhos e levou o veiculo q ficou quase um ano desaparecido. Graça a DEUS a encontramos só q muita avariaçao e eu ter como restaura la, tenho pedido muitos empresario para me ajudar,inclusivel o comandante FABÃO DA SCANIA ficou de me ajudar junto os empresários amigos q ele tem. gostaria q o sr verificar minhas dificuldades com seu coraçao e pudesce me ajudar, dando assim condiçoes de continuar minhas lutas , pois crio um filho de 13 anos q mora comigo desde q minha esposa faleceu. tenho 59 anos , e 3 anos estou desenpregado por motivos tbm de minha propria idade, tem passado muitas dificuldades ,mas perdi a esperanca de encontrar alquém q sencibelize com minha hestória e pudesce me ajudar. meu nome é Joao Battist, e moro em Nova Iguaçú R ALAMEDA PARAIBA 135 B CERAMICA. Desde já lhe agradeço e espero encontrar em DEUS e com o sr.se possivel gostaria que verificasce a veracidade do q falo sobre a ajuda com o COMANDADENTE FABAO DA SCANIA. MUINTO obrigado pela atençao e q DEUS continua lhe abençoando em levar o pao nosso de cada dia a nossa mesa atrávez de sua empresa. muito obrigado Joao Battista.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.