Movimento de caminhões no pátio de triagem aumenta em 78% em Paranaguá

O Pátio de Triagem de Caminhões do Porto de Paranaguá recebeu nos primeiros meses de 2015, entre janeiro e abril, 113.350 veículos. O balanço mostra que houve um aumento de 78% no número de caminhões que utilizaram o local, na comparação com o mesmo período de 2010, quando o pátio público recebeu 88.946 caminhões. Apenas nos 13 primeiros dias do mês de maio, já passaram pelo pátio 16.143 caminhões.
“O mais importante é que conseguimos aumentar a produtividade do Porto e, consequentemente, o número de caminhões que descarregam em Paranaguá. Ao mesmo tempo, conseguimos zerar as filas que geravam transtornos para a cidade e para as movimentações de cargas no Porto”, informou o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.
O crescimento no número de caminhões no Pátio se deve aos investimentos realizados nos últimos quatro anos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). Ao todo, R$ 7,49 milhões foram destinados a melhorias no Pátio de Triagem. O local tem capacidade estática para abrigar até mil caminhões estacionados simultaneamente, mas diariamente passam pelo Pátio cerca de 2,5 mil caminhões com o objetivo de descarregar grãos no período de safra.


OBRAS 
Os investimentos integram o Programa de Recuperação e Ampliação da Capacidade do Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá, coordenado pela Appa. Entre as melhorias estão um novo sistema de iluminação com lâmpadas de LED para aumentar a segurança interna dos seus usuários.
Outra importante medida em prol da segurança dos caminhoneiros foram as obras de prevenção e combate a incêndio. Também está em processo de contratação os controladores de acesso ao pátio, equipamentos que irão elevar os níveis de segurança. A Appa também investiu em uma nova subestação e rede elétrica para o local, obra já finalizada, testada e em funcionamento.

PÁTIO PÚBLICO 
O diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, lembra que o Pátio de Triagem foi construído na década de 70, com a finalidade de promover a triagem das cargas dos caminhões para classificação dos produtos, regulação e liberação das cargas aos armazéns de destino e posterior carregamento para exportação.
“A última etapa da construção do pátio de triagem foi concluída em 1980 e, desde então, as redes elétricas e hidráulicas eram as mesmas. Nos últimos quatro anos nós retomamos os investimentos na segurança dos caminhoneiros”, destacou Dividino.
O presidente da Appa lembrou que os pátios de triagem dos Portos de Santos e São Francisco do Sul são privados e cobram do motorista a estadia. “O nosso pátio não será concedido. Vamos mantê-lo público e com qualidade no atendimento ao usuário”, reforçou Dividino.
Ele explica que a orientação do governador Beto Richa é para que o Porto de Paranaguá atenda da melhor forma possível os exportadores e os caminhoneiros. “Estamos trabalhando para isso e as obras não vão parar”, enfatiza o presidente da Appa.
NOVO ACESSO E AMPLIAÇÃO 
No próximo mês de julho a Appa entregará o novo acesso ao pátio de triagem, o que possibilitará o uso das novas guaritas de entrada e saída, também construídas recentemente. O novo acesso permitirá que o fluxo de caminhões, principalmente durante a safra, seja atendido com maior agilidade.
A obra de 1,2 quilômetro inclui área de aceleração e desaceleração e a construção de via marginal, que irá ordenar o fluxo de caminhões ao pátio, aumentando a segurança no tráfego e evitando o cruzamento na BR-277. A Appa também concluiu e entregou a pavimentação e concretagem de algumas vias internas do pátio.
Além do novo acesso, o Programa de Recuperação do Pátio prevê a ampliação do local. Uma nova área foi adquirida com o intuito aumentar a capacidade estática de recebimento em mais 1.300 caminhões, totalizando 2.300 veículos. CARGA ONLINE – O Carga Online – sistema informatizado que ordena a chegada de caminhões graneleiros ao Porto de Paranaguá – acabou com as filas de veículos que existiam por toda a cidade e seguiam pela BR-277. Desde que foi colocado em prática, em 2011, os caminhoneiros passaram a consultar, via SMS ou pelo site, se a carga que irão transportar já está cadastrada no sistema eletrônico da Appa.
O diretor de Operações da Appa, Luiz Teixeira da Silva Júnior, explica que o Carga Online é um sistema eletrônico de agendamento de cargas que só permite o envio de caminhões ao Porto mediante espaço em armazém para receber os produtos e navio nomeado para receber a mercadoria. “Com esse agendamento, desde agosto de 2011 não foram mais registradas filas de caminhões em Paranaguá”, finalizou Teixeira.

CIDADANIA 
Pensando em promover ações de cidadania para os caminhoneiros, a Appa promove uma vez por mês o projeto Porto em Ação. Durante este dia, os motoristas são abordados com materiais de conscientização e informações. Em 13 de maio aconteceu a última edição do projeto, quando foram feitos mais de 200 exames de pressão, glicemia, hepatite e HIV, com o apoio da 1ª Regional de Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde.
O caminhoneiro José Décio de Oliveira, de 58 anos, descobriu que precisa tomar mais cuidados com a pressão alta. "Há muito tempo que eu não fazia um exame. Agora preciso me cuidar", disse o motorista.
FONTE: Portos e Navios 

Postar um comentário

0 Comentários