Paralisação de caminhoneiros ganha força em Minas Gerais

Caminhoneiros deram início ao segundo dia de paralisação do transporte rodoviário de cargas nesta quarta-feira (2). Até às 13h de hoje foram registrados protestos e bloqueios em seis estados, com destaque para Minas Gerais, onde foram registrados 10 pontos de interdição.
Dentre as reivindicações do setor, está a redução no preço do combustível. No último dia (20) entrou em vigor um aumento de impostos sobre o óleo diesel, gasolina e etanol determinado pelo Governo Federal. A decisão acarretou um aumento de R$ 0,21 no litro do diesel, tornando a situação do transporte insustentável no país. 


Segundo as concessionárias que administram as rodovias que cortam o estado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) os bloqueios registrados em dez pontos ocorrem de maneira pacífica, restringindo apenas o tráfego de caminhões. De acordo com o portal O Tempo, o bloqueio mais recente acontece na MG-010, via que liga a capital mineira ao Aeroporto Internacional de Confins. 
Confira abaixo a relação de pontos de bloqueio no estado de Minas Gerais: 
BR-040, km 466, em Sete Lagoas
BR-040, km 602, em Congonhas
BR-265, km 226, em Barroso
BR-251, km 504, em Montes Claros
BR-251, km n/informado, em Francisco Sá
BR-262, km 369, em Juatuba 
BR-381, km 361, em João Monlevade 
BR-365, km 480, em Patrocínio
BR-050, km 201, em Uberaba
MG-010, km 14, em Belo Horizonte 

Cobertura completa da paralisação dos caminhoneiros: CLIQUE AQUI

Transporte de combustíveis
Também em Minas Gerais, o transporte de combustíveis foi suspenso em apoio a paralisação nacional dos caminhoneiros. De acordo com o Sindicato dos Transportadores de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG), os transportadores de combustíveis e de derivados de petróleo do estado aderiram em massa ao movimento, que seguirá por tempo indeterminado.

LEIA: Tanqueiros de Minas Gerais vão aderir à greve nessa terça-feira

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Tem q parar mesmo nós não aguenta mais chega

    ResponderExcluir