Média diária de vendas de veículos indica recuperação, diz Fenabrave

A venda de veículos registrou retração no volume total comercializado no quadrimestre. Mas o aumento no ritmo de vendas diárias indica sinais de recuperação para a Federação Nacional da Distribuição de Veículos (Fenabrave), que representa as concessionárias de todo o país. 
Mesmo com queda de 3,25% na comparação com abril de 2016 (considerando dias corridos), os segmentos de automóveis e comerciais leves apresentaram recuperação no volume de vendas diárias. No mês passado, foram emplacadas 8,4 mil unidades por dia ante 7,8 mil no mesmo mês do ano passado, o que representou crescimento de 7,5%. “Esse aumento no volume de vendas diárias nos faz acreditar que estamos interrompendo a curva de queda e iniciando uma recuperação, ainda que moderada”, afirma o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Junior. 
Segundo dados da Fenabrave, os emplacamentos de todos os tipos de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros) somaram 230,8 mil unidades em abril, ante 266, 5 mil em abril de 2016, o que representou queda de 13,37%.
“Além da lenta recuperação da economia, os feriados também impactaram no volume de dias úteis, o que repercutiu, diretamente, na queda registrada nos emplacamentos. Mas se considerarmos as vendas diárias, notaremos aumento de 4,3% nos emplacamentos”, diz Alarico. 
Ao levar em conta os dias corridos, no acumulado do ano, a queda chegou a 11,45% para todos os setores somados. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram emplacadas 942,5 mil unidades, ante 1,064 milhão no mesmo período de 2016.
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário