Iveco Bus entrega 628 ônibus ao Governo de Minas Gerais

A Iveco Bus, marca do grupo CNH Industrial, entregou 628 unidades do Ônibus Escolar Rural Médio (ORE 2) ao Governo de Minas Gerais. Os modelos foram adquiridos após o estado aderir no ano passado à ata do Fundo Nacional de Desenvolvimento pela Educação (FNDE). 
Nessa sexta-feira (10), o governo mineiro distribuiu 401 unidades às prefeituras do interior do Estado em cerimônia realizada no Expominas, em Belo Horizonte. 308 municípios mineiros receberam os modelos, que beneficiarão os alunos da rede pública de ensino.
Os ônibus se destacam pelo conforto e pela acessibilidade para os passageiros – dois dos pilares dos projetos da IVECO BUS. "O modelo negociado com Minas Gerais é baseado no chassi 150S21, projetado para rodar em ambientes urbanos e rurais mantendo o bem-estar e a segurança dos alunos a bordo, inclusive de passageiros com mobilidade reduzida", explica Humberto Spinetti, diretor de Negócios da IVECO BUS para a América Latina. 
A versão ORE 2 ainda tem como destaque, capacidade máxima para 48 alunos, elevadores para acessibilidade, uma cadeira de rodas, porta larga com dispositivo anti-esmagamento e saída de emergência, porta-mochila no teto, redes nas costas dos assentos para acomodação do material escolar, além de ser o único da categoria com dispositivo de bloqueio de diferencial automático, que facilita a transposição de atoleiros sem a intervenção do motorista.
Em relação a motorização, os modelos adquiridos pelo governo mineiro contam com motor Iveco Tector, desenvolvido pela FPT Industrial, marca de motores diesel da CNH Industrial, que desenvolve 206 cv de potência máxima - a maior da categoria.
A venda de 628 unidades é a maior já registrada do modelo ORE 2 da IVECO BUS desde o seu lançamento no Brasil, em março de 2016. Através dessa marca, a CNH Industrial tem mais de 7.500 veículos em circulação no Brasil por meio do Programa Caminho da Escola, desenvolvido pelo Governo Federal.

TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário