Volvo lança FMX com controle automático da tração dianteira

A Volvo está lançando no Brasil e demais países da América Latina o FMX com controle automático da tração dianteira. A tecnologia, que foi lançada há poucos meses na Europa, chega para aumentar ainda mais a produtividade dos caminhões pesados vocacionais da marca. A função ativa automaticamente a tração no eixo dianteiro quando o veículo começa a patinar em terrenos difíceis ou em pisos escorregadios, mesmo com o caminhão em movimento e sem a ação do motorista. O sistema melhora a dirigibilidade e reduz o consumo de combustível.
“É mais uma inovação da Volvo. Estamos constantemente ampliando nossa oferta de soluções para aumentar a eficiência do transporte”, afirma Bernardo Fedalto, diretor de caminhões Volvo no Brasil. A Volvo é a primeira fabricante de caminhões a oferecer este sistema para veículos com tração integral 4x4 e 6x6. “É uma exclusividade da Volvo, agora disponível para os mercados brasileiro e latino-americano. Mais uma vez estamos na vanguarda em tecnologias que melhoram a operação de transporte vocacional”, diz Nilton Roeder, diretor de desenvolvimento de negócios e suporte a vendas do Grupo Volvo América Latina.
A nova tecnologia torna o caminhão ainda mais automatizado e contribui para corrigir eventuais falhas. Muitos motoristas ativam a tração nas rodas dianteiras antes de chegar a um terreno mais complicado, para evitar que o caminhão fique atolado. O novo sistema engata a tração na roda dianteira com o veículo em movimento somente quando a função for efetivamente necessária.

Caminhão inteligente
O dispositivo funciona basicamente ativando a tração nas rodas dianteiras quando as rodas traseiras perdem tração, fazendo com que o veículo rode com tração integral e vença as dificuldades do terreno. “A inteligência do caminhão entende que ele precisa de tração dupla quando, por exemplo, o veículo está patinando, e aciona o acoplamento do eixo dianteiro. É um sistema eletrônico muito avançado, mas ao mesmo tempo muito simples”, explica Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas da Volvo no Brasil. “O engate e o desengate da tração dianteira são feitos automaticamente, sem precisar da interferência do motorista”, complementa Deonir Gasperin, engenheiro de vendas da Volvo.
O controle automático de tração traz inúmeros benefícios: aumenta a velocidade média do veículo, diminui o consumo extra de combustível, melhora a dirigibilidade, dá mais segurança para o motorista e ainda reduz o desgaste de pneus, poupa o trem-de-força e prolonga a vida útil de alguns componentes.

Aplicações
A nova tecnologia da Volvo é destinada para veículos com tração dianteira (4x4 rígido e 6x6 rígido e cavalo mecânico) que atuam em uma grande variedade de aplicações vocacionais. É muito útil, por exemplo, em reboques aeroportuários, no transporte de madeira, em caminhões de apoio para situações mais extremas e até em veículos recreacionais (VR), usados em viagens por diferentes topografias. O mercado também demanda sistemas deste tipo para o transporte de cargas indivisíveis e caminhões bombeiros.
É um sistema muito eficaz também em operações de transporte rural que tenham terrenos acidentados ou em caminhos precários, inclusive na agricultura. “É um dispositivo que otimiza a mobilidade e a tração do veículo em muitas situações diferentes”, destaca Menoncin.
O automatismo foi conseguido graças a introdução de uma nova caixa de transferência, derivada de uma tecnologia já usada pela Volvo CE, a divisão do Grupo Volvo que produz equipamentos de construção. O sistema é utilizado no caminhão articulado da Volvo CE, líder mundial em seu segmento.
O dispositivo da Volvo é formado por um software conectado aos sensores de velocidade das rodas, que detecta e controla a tração. Quando uma roda traseira começa a patinar, a potência é automaticamente deslocada para as rodas dianteiras, sem perda de torque ou da velocidade. Um engate automático ativa a tração nas rodas dianteiras em apenas meio segundo.
FONTE: Volvo 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário