Caminhões elétricos - Como funciona a tecnologia

Apostando na sustentabilidade e buscando reduzir as emissões em até 90%, a Scania se prepara para testar em condições reais de tráfego os caminhões elétricos que foram desenvolvidos em parceria com a Siemens. A tecnologia, conhecida como transmissão elétrica condutora vêm sendo testada desde 2013. 
Os testes irão ocorrer na auto-estrada E16 próximo a cidade Sueca de Gävle, em um trecho eletrificado de 2 quilômetros, destinado a operações de transporte de caminhões pesados.
Cada caminhão no projeto receberá energia elétrica através de um coletor de energia pantógrafo montado na armação atrás da cabine. Os pantógrafos, por sua vez serão ligados a linhas elétricas aéreas localizadas sobre a pista da direita da pista de testes. Para maior flexibilidade, os caminhões também serão equipados com motorizações híbridas elétricos desenvolvidos pela Scania.
Ao contrário dos antigos trólebus, que só funcionavam quando conectados aos fios elétricos, os caminhões elétricos da Scania são capazes de se desconectarem da rede elétrica e passam a ser alimentados pelo motor de combustão ou pelo motor elétrico carregado por bateria. O que facilita a realização de ultrapassagens, "Quando há ultrapassagens, o pantógrafo é desconectado e você passa a dirigir o caminhão como um híbrido regular," diz Christer Thorén responsável pela unidade de Sistemas Híbridos e Desenvolvimento da Scania. "Você pode ultrapassar o veículo, voltar para sua pista, automaticamente restabelecer a ligação ao pantógrafo, e retomar o uso de energia elétrica."
Segundo dados obtidos nos testes, os caminhões elétricos são capazes de reduzir as emissões em 80 a 90% e o consumo de energia em 50% ou mais. Segundo Thorén, se os caminhões passarem nos testes, o número de pistas elétricas irá aumentar, principalmente em rodovias onde há um grande volume de tráfego. "Na Alemanha, o interesse é muito elevado na implementação desta tecnologia na autobahn. E a visão é que pistas eletrificadas vão contribuir para a redução das emissões de hoje ", conclui.

CONFIRA A TECNOLOGIA EM OPERAÇÃO: 
TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário