O substituto do bitruck

Sabe-se que no transporte rodoviário de cargas brasileiro, há uma busca constante por uma forma de transportar mais carga com o menor custo possível. Diante desse cenário os fabricantes de implementos investem cada vez mais em novas tecnologias e soluções que proporcionam ao transportador um ganho maior de carga útil aliado o menor custo. Exemplo disso são os semirreboques com 2 eixos distanciados. 
Um conjunto formado por um cavalo-mecânico 4x2 e um semirreboque 2 eixos se comparado a um caminhão 8x2 (mais conhecido como bitruck) pode trazer uma série de benefícios ao transportador se aplicado de forma correta. Dentre os benefícios destaca-se, facilidade na realização de manobras e curvas em locais estreitos, redução do arrasto de pneus e uma maior capacidade de carga.  Observe abaixo a tabela comparativa:

BITRUCK
CAVALO MECÂNICO + SEMIRREBOQUE 2 EIXOS
PBTC
29.000 kg
36.000 kg
TARA
11.764 kg
12.899 kg
CARGA LÍQUIDA
17.236 kg
23.101 kg
Observa-se um aumento de 5.865 kg na capacidade de carga, o que representa um ganho significativo no valor final do frete. Mas você deve estar se perguntando, além da tara maior o conjunto com semirreboque 2 eixos possui dois pneus a mais. Porém esses dois custos são cobertos pelos benefícios mencionados anteriormente. 
Prova disso é o crescente número de conjuntos formados por cavalo mecânico e semirreboque 2 eixos em circulação. Conjunto este que está sendo adotado principalmente no transporte de frutas e verduras, cimento, piso entre outros tipos de carga. Além disso os modelos não se restringem apenas a carga seca, A Rodolinea por exemplo já disponibiliza em seu portfólio de produtos um semirreboque 2 eixos graneleiro. Já a Guerra além do semirreboque 2 eixos carga seca, oferece também um semirreboque 2 eixos com baú em alumínio, atendendo diferentes segmentos com o melhor custo/benefício.  
TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários: