Facchini

Randon New R

PRF flagra quase 160 toneladas de excesso de peso em apenas um dia em Sergipe

Carreta abordada pela PRF para fiscalização em Sergipe
PRF/Divulgação

Quantia expressiva foi constatada em um total de 12 caminhões; fiscalização contou com apoio do DER-SE e com o uso de uma balança móvel

Google News
Na última quarta-feira, 31 de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou uma quantia expressiva de excesso de carga em caminhões que circulavam pelo Km 23 da BR-101, em Malhada dos Bois (SE). A ação de fiscalização contou com o apoio de servidores do DER-SE e com o uso de uma balança móvel.


De acordo com o balanço oficial da corporação, cerca de 160 toneladas de excesso de carga foram constatadas ao longo dia de fiscalização. A quantia expressiva estava dividida em 12 caminhões. Todos os veículos de carga flagrados foram autuados conforme determina a atual legislação e retidos para transbordo.

Histórico de fiscalizações
De acordo com a PRF, o último recorde de flagrantes consecutivos de caminhões com excesso de carga havia sido registrado em novembro de 2014, quando totalizou 114 toneladas a mais do que o permitido.

Já ao longo de todo o ano de 2023, a PRF autuou 82 veículos com excesso de peso, totalizando em torno de 574 toneladas de carga excedente.


Excesso de carga
Atualmente o excesso de peso é considerado uma das infrações mais danosas à segurança do trânsito, devido a redução da vida útil do pavimento, comprometimento da eficiência do sistema de freios e aumento considerável no risco de acidentes graves.

Atualmente o art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) considerada o excesso de peso uma infração gravíssima, punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado acima dos 1.000 kg.



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA