Facchini

Randon New R

PRF flagra mais de 260 toneladas de excesso de carga em 48h de fiscalização no Pernambuco

Bitrem 9 eixos abordado pela PRF
PRF/Divulgação

Quantia expressiva foi encontrada dividida em seis caminhões; flagrantes foram registrados no trecho da BR-316, em Ouricuri (PE)

Google News
Em apenas 48 horas de fiscalização na BR-316, em Ouricuri (PE), ao longo da última semana, policiais rodoviários federais do Grupo de Fiscalização de Trânsito (GFT) flagraram uma quantia expressiva de excesso de carga em diversos caminhões.


Segundo com o balanço oficial da corporação, um total de 266 toneladas de carga excedente foram constatadas durante as ações de fiscalização. A quantia estava distribuída em seis caminhões que transportavam cargas de gipsita, calcário e grãos de milho. Além disso, dois caminhões também apresentavam irregularidades no ARLA 32.

Diante dos fatos, todas as autuações cabíveis foram aplicadas, conforme determina a atual legislação. Além disso, os caminhões que circulavam com excesso de peso foram retidos para transbordo.

Estatísticas da PRF
Somente nesses primeiros dias de 2024, a PRF flagrou o transporte de 313 toneladas de excesso de carga em veículos que transitavam em rodovias federais pernambucanas. Em 2023, a carga excessiva somou mais de 27 mil toneladas. Desse total, 5,2 mil toneladas de excesso de peso foram registradas durante fiscalizações na circunscrição da Delegacia PRF em Salgueiro, colocando a unidade entre as mais atuantes no país nesse tipo de fiscalização.


Excesso de carga
Atualmente o excesso de peso é considerado uma das infrações mais danosas à segurança do trânsito, devido a redução da vida útil do pavimento, comprometimento da eficiência do sistema de freios e aumento considerável no risco de acidentes graves.

Atualmente o art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) considerada o excesso de peso uma infração gravíssima, punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado acima dos 1.000 kg.



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA