Publicidade


Publicidade

Facchini

Após aumento no preço do diesel, caminhoneiros já gastam quase 300 reais a mais para abastecer

Divulgação

Encher os tanques de caminhões com 540 litros de diesel S-10 passou de R$ 2.835 para R$ 3.207 em média em poucos dias; região centro-oeste concentra maiores altas no preço do combustível

Google News
O último aumento expressivo de 25,8% no preço do óleo diesel, colocado em prática pela Petrobras no último dia 16 de agosto, já pesa de forma significativa no bolso do transportador brasileiro, especialmente de caminhoneiros autônomos. 


Dados do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa, revelam que no dia 10 de agosto o litro do diesel comum foi comercializado a média de R$ 5,11 e passou para R$ 5,28 no dia 16 e R$ 5,76 no dia 17. O preço do combustível registrou uma variação de +18,40% entre os dias 10 e 24 de agosto. Já o tipo S-10 apresentou uma variação de +19,05% no mesmo período. No dia 10 foi encontrado a média de R$ 5,25 e subiu para R$ 5,45 no dia 16 e para R$ 5,94 no dia 17.


No mesmo período, todas as regiões brasileiras registraram aumento no preço dos dois tipos de diesel, com destaque para o Centro-Oeste, onde a variação chegou a 24,60% para o diesel comum e 21,19% para o diesel S-10.

Considerando esses valores, no dia 10 de agosto os caminhoneiros chegaram a pagar, em média, R$ 2.749 para encher com diesel comum um tanque com capacidade para 540 litros e esse valor subiu para R$ 3.110 no dia 17. Já para encher com o tipo S-10 o valor passou de R$ 2.835 em média no dia 10 para R$ 3.207 no dia 17 de agosto”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.


Postar um comentário

0 Comentários