Publicidade


Publicidade

Facchini

Caminhoneiros autônomos utilizaram apenas 14% do valor destinado aos descontos para compra de caminhões

Lucas Duarte/Portal Caminhões e Carretas

Descontos para compra de caminhões zero km variam de R$ 33,6 mil a R$ 80,3 mil, mas estão condicionados a entrega de um modelo com mais de 20 anos de uso; a partir do dia 21 frotistas poderão requisitar o benefício

Google News
Tratando-se exclusivamente do segmento de caminhões, o programa de incentivo a aquisição de veículos zero quilômetro, criado pelo Governo Lula como forma de reaquecer a indústria automobilística no Brasil, caminha a passos lentos. A informação é confirmada por um balanço divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio de Serviços (MDIC).

De acordo com a pasta, até a última quarta-feira, 14 de junho, caminhoneiros autônomos, pessoas físicas, microempreendedores, microempresas e empresas de pequeno porte haviam utilizado apenas 14% do valor total destinado à compra de caminhões zero quilômetro em todo o Brasil, ou seja, do teto de R$ 700 milhões em créditos tributários, apenas R$ 100 milhões já foram requisitados pelas montadoras habilitadas no programa.


Instituído pela Medida Provisória (MP) nº 1.175/2023, a iniciativa do governo federal prevê descontos de R$ 33,6 mil a R$ 80,3 mil conforme a categoria dos caminhões. Ficando assim:

- Semileves: desconto de R$ 33,6 mil
- Leves: desconto de R$ 38,0 mil
- Médios: desconto de R$ 45,0 mil
- Semipesados: desconto de R$ 60,0 mil
- Pesados: desconto de R$ 80,3 mil

Entretanto, a obtenção dos descontos não é tão simples no momento da compra. De acordo com a MP, como o programa prioriza a renovação de frota, a obtenção do desconto está condicionada a entrega de um veículo com mais de 20 anos de fabricação. O comprador deve apresentar um documento para comprovar a destinação do veículo antigo para o desmonte. Além disso, o valor pago no caminhão antigo será incluído no desconto, ou seja, no caso de um caminhão de menor porte, que teria desconto de R$ 33,6 mil, a redução cai para R$ 18,6 mil se o veículo antigo tiver custado R$ 15 mil.


Segundo o MDIC, 10 montadoras já aderiram ao programa de crédito para renovação da frota de caminhões. São elas: Volkswagen Truck & Bus, Mercedes-Benz, Scania, Fiat Chrysler, Peugeot Citroen, Volvo, Ford, Iveco, Mercedes-Benz Cars & Vans e Daf Caminhões.

A partir da próxima quarta-feira, 21 de junho, pessoas jurídicas de médio e grande porte também poderão usufruir dos descontos para a compra de caminhões, desde que também atendam ao requisito de entrega de exemplares com mais de 20 anos de uso.

Confira na íntegra a MP nº 1.175/2023: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

0 Comentários