PRF recupera carga avaliada em R$ 300 mil em Duque de Caxias (RJ)

PRF/Divulgação

Carga de queijo, caminhão e motorista foram encontrados no interior da comunidade de Jardim Gramacho; policiais foram recebidos a tiros pelos criminosos

Google News
Na tarde da última quarta-feira, 14 de setembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um caminhão e uma carga de queijos avaliada em R$ 300 mil. O roubo e o sequestro do motorista ocorreram na BR-040, na região da comunidade de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias (RJ).


A ocorrência teve início quando equipes especializadas do Núcleo de Operações Especiais (NOE-RJ), Grupo de Patrulhamento Tático (GPT-RJ) e Comando de Operações Especiais (COE-SE) realizavam um patrulhamento pelo rodovia federal quando receberam a informação de que um motorista de caminhão havia sido rendido e levado, junto com a carga transportada para a comunidade de Jardim Gramacho.

No local informado, as equipes foram recebidas sob disparos efetuados por criminosos e reagiram. Um deles foi baleado e o restante fugiu para edificações e áreas de mata na localidade. Junto com o ferido, que posteriormente foi levado ao hospital, os policiais encontraram uma espingarda calibre 12 municiada com 4 munições, além de uma já disparada, e um rádio comunicador.


Após a troca de tiros, já na rua Remanso, um homem veio correndo em direção aos policiais informando que era o motorista do caminhão levado. Segundo a vítima, ele teria sido abordado por homens armados em um trecho da BR-040 no Arco Metropolitano e levado para dentro da comunidade, onde permaneceu sob ameaça enquanto a carga de queijos avaliada em R$ 300 mil era levada.

Diante das informações do motorista, o policiais encontraram o veículo vazio na Rua Aratuípe e, nas proximidades, já na Rua Araripe, recuperaram a carga roubada escondida em uma casa abandonada.

Segundo a PRF, a arma, munições, caminhão e carga recuperada foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

PRF/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários