Mercedes-Benz Axor deixará de ser produzido a partir de 2023?

Mercedes-Benz Axor é comercializado no Brasil desde o final de 2005 - Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Rumores sinalizam que encerramento da linha Axor estaria ligado a chegada dos motores Euro VI, tecnologia que tornaria inviável a atualização dos modelos

Google News
Nesta semana, começou a circular pela imprensa nacional e internacional especializada em caminhões, rumores sobre um possível encerramento na produção e comercialização da consagrada linha Mercedes-Benz Axor.


Apresentados ao mercado brasileiro no fim de 2005, os caminhões Mercedes-Benz Axor já contam com uma trajetória de 17 anos no transporte brasileiro, atendendo aos segmentos rodoviário e off-road. De lá para cá, a gama passou por um constante processo de evolução, através da incorporação de novas tecnologias, mudanças sutis no design e importantes evoluções no trem de  força. Ao todo foram cerca de 60 novidades incorporadas aos modelos em quase duas décadas de produção e comercialização.

Entretanto, essa constante evolução da linha chegou ao seu limite, mais precisamente devido a chegada da fase P8 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), iniciativa que prevê a introdução de motores com tecnologia Euro VI a partir de 2023. A especulação é que os investimentos necessários para tornarem a linha Axor compatível com a nova norma, a tornariam comercialmente inviável, especialmente devido ao alto preço. 


Mercedes-Benz Axor será substituído pelos modelos Novo Actros e Arocs?
Mas afinal, se confirmado o encerramento da linha Axor, os caminhões Mercedes-Benz Novo Actros e Arocs serão oficialmente os substitutos? Antes de respondermos essa pergunta é necessário comparar o atual portfólio de cada linha:

- Axor: Atualmente a linha Mercedes-Benz Axor conta exatamente com 13 exemplares no mercado brasileiro, divididos entre os segmentos rodoviário e off-road. São eles: 

Rodoviário: Axor 1933 4x2, Axor 2036 4x2, Axor 2041 4x2, 2533 6x2 (chassi rígido), Axor 2544 6x2 Rodoviário e Axor 2644 6x4

Off-road: Axor 3131 6x4 Basculante, Axor 3131 6x4 Betoneira, Axor 3131 6x4 Plataforma, Axor 3344 6x4, Axor 3344 6x4 (Cavalo Mecânico), Axor 3344 6x4 Plataforma e Axor 4144 6x4 Basculante.


- Novo Actros: Já o portfólio de caminhões Mercedes-Benz Novo Actros é composto atualmente por seis exemplares, sendo, 2045 4x2, 2548 6x2, 2553 6x2, 2648 6x4, 2651 6x4 e 2653 6x4, todos rodoviários e comercializados apenas como cavalo mecânico.

- Arocs: Mais recente lançamento da marca no Brasil, a linha Arocs conta até o momento com apenas um único exemplar no portfólio, o modelo 4851 8x4, desenvolvido exclusivamente para operações com carroceria basculante.

Considerando todos os exemplares citados acima, os atuais caminhões Mercedes-Benz Novo Actros e Arocs serão suficientes para substituir por completo o portfólio da linha Axor nos segmentos em que está presente? Da forma como são ofertados atualmente, é inegável que uma eventual substituição deixaria lacunas significativas no portfólio da marca. Então, podemos esperar novos lançamentos da marca nos próximos meses? Talvez... 


Mas o que diz a Mercedes-Benz do Brasil?
Procurada pelo Portal Caminhões e Carretas nesta quinta-feira, 25 de agosto, a Mercedes-Benz do Brasil não confirmou, mas também não negou o encerramento da produção e comercialização da linha Axor a partir de 2023.

Através de uma breve nota, a montadora de origem alemã afirma que todas as informações sobre o portfólio de produtos serão divulgadas oficialmente apenas na 23ª Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga, marcada para acontecer entre os dias 7 e 11 de novembro.

"Informações oficiais do nosso portfólio de caminhões serão divulgadas durante a Fenatran, junto como a estratégia de vendas para os nossos clientes.", destaca a marca.

Portfólio da linha Mercedes-Benz Axor é composto atualmente por 13 modelos - Mercedes-Benz/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários