Setor de cloro-álcalis reduz em mais de 80% acidentes com transporte de produtos químicos

Divulgação

Índice de acidentes a cada 10 mil viagens ficou em 0,20 em 2021, conforme pesquisa realizada pela Abiclor desde 2005

Google News
As ocorrências envolvendo caminhões que transportam produtos da indústria de cloro-álcalis diminuíram mais de 80%  em 2021, considerando o  início da série histórica, em 2005, conforme levantamento realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor) . O índice de acidentes a cada 10 mil viagens ficou em 0,20 no ano passado, ante 0,22 em 2020.

Há 16 anos, quando o levantamento começou a ser feito usando essa  metodologia, esse índice era superior a 1.  De lá para cá, a indústria de cloro-álcalis tem aprimorado cada vez mais seus processos de gestão desde o transporte até a entrega no destinatário, a fim de minimizar riscos no transporte de produtos químicos.  As empresas associadas à Abiclor investem massivamente em conscientização e treinamento de colaboradores para garantir a segurança no transporte.  


“Os produtores, distribuidores e transportadores de produtos de  cloro-álcalis têm como desafio alcançar índices ainda menores de acidentes, aproximando-se cada vez mais do zero", afirma Gilberto Marronato, da Abiclor.

O índice de 0,22 atingido em 2020 reflete o trabalho de prevenção de acidentes desenvolvido pelas empresas, nas etapas de treinamento, capacitação e conscientização dos motoristas, além de  investimentos em tecnologia através de rotogramas falados e sistema de rastreamento eficiente, além de manter uma frota com idade média bem reduzida.  “A segurança preventiva é fundamental no transporte dos produtos do segmento cloro-álcalis”, afirma o consultor técnico.  A coordenação da Abiclor com as empresas transportadoras é uma ação contínua.

FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários