Fretebras Superior

398 empresas que não respeitam direitos de caminhoneiros são denunciadas na ANTT

ANTT/Divulgação
Fretebras Post1

Denúncias foram realizadas pela CNTA após pesquisa realizada com a categoria; caminhoneiros autônomos podem realizar novas denúncias de forma anônima

Google News
Com o objetivo de aprimorar a qualidade de vida e a profissão de caminhoneiros autônomos, a Confederação Nacional de Transportadores Autônomos (CNTA) realizou recentemente, uma pesquisa com a categoria para levantar o nome das empresas que desrespeitam os direitos dos profissionais e as leis que menos são cumpridas.



Fretebras Post2

Segundo o balanço oficial da entidade, a primeira etapa da pesquisa levantou um total de 398 nomes de empresas que insistem em não cumprir as leis que protegem o caminhoneiro brasileiro. Ainda segundo a Confederação, todos os nomes foram repassados à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), afim de auxiliar na identificação dos locais que mais precisam de fiscalização.

Diante do resultado expressivo, a CNTA afirmou nesta sexta-feira, 6 de maio, que a pesquisa seguirá aberta para que mais pontos sejam identificados e, posteriormente, fiscalizados. Ainda segundo a entidade, os caminhoneiros interessados em participar, podem denunciar as empresas de forma totalmente anônima. 

Para participar da pesquisa e denunciar: CLIQUE AQUI



Postar um comentário

0 Comentários